ÍTALO FERREIRA QUEBRA PRANCHA, MAS SE SUPERA E CONQUISTA A PRIMEIRA MEDALHA DE OURO DO BRASIL EM TÓQUIO

27 de jul de 2021

Histórico! O brasileiro Italo Ferreira conquista a primeira medalha de ouro do Brasil na Olimpíada de Tóquio e a primeira medalha dourada do surfe, que estreia em Jogos Olímpicos. Nessa madrugada de terça-feira (horário de Brasília), Italo venceu o japonês Kanoa Igarashi, algoz de Gabriel Medina na semifinal do torneio, com a nota final de 15. 14 superior ao 6.60 do japonês.

A disputa pelo ouro começou dramática para o brasileiro. Na sua primeira manobra, a prancha utilizada por Italo se rachou ao meio devido ao forte impacto da onda manobrada. Com isso, o brasileiro perdeu alguns minutos até conseguir uma prancha nova, deixando o mar livre para Igarashi, que não conseguiu aproveitar a situação com boas pontuações.

Com a prancha nova, Ítalo não deu chances para o adversário. Logo em sequência, conseguiu uma nota 7 e uma nota 5.5, totalizando 12.50 e forçando o adversário a ter que atingir uma manobra de pontuação acima dos 8.44. Depois de alguns minutos sem movimentações nas pontuações dos atletas, Italo voltou a subir sua pontuação para 14.77, faltando 14 minutos para o fim da disputa. A essa altura, Igarashi precisava de duas notas para conseguir superar o brasileiro.

Depois disso, as ondas não foram favoráveis ao japonês, que não conseguiu encaixar muitas manobras expressivas até o final da disputa. Com a nota de 15.14, Italo ficou bastante a frente de Igarashi, que terminou a final com nota 6.60.

Além dessa ser a primeira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos de Tóquio, essa também foi a primeira medalha dourada da história do surfe na Olimpíada, que pela primeira vez está sendo disputado em uma Olimpíada.

  • Compartilhe:

Publicidade