FAROESTE E INVENTÁRIO DE OLHO EM ADVOGADOS QUE TÊM OBTIDO REPETIDAS SENTENÇAS MILIONÁRIAS CONTRA ÓRGÃOS PÚBLICO

11 de set de 2020

Não é só em filhos e parentes de desembargadores da Bahia que investigadores das Operações Inventário, do Ministério Público Estadual, e Faroeste, do Superior Tribunal de Justiça, estão de olho.

Informes chegados há pouco a este Política Livre dão conta de que alguns escritórios de advocacia baianos entraram de cabeça no radar das apurações nos últimos meses por um detalhe simples.

Descobriu-se a existência de pelo menos dois grupos que estariam se notabilizando por, repetidas vezes, conseguir sentenças milionárias contra órgãos municipais, estaduais e até federais.

A suspeita é de que os ‘excelentes resultados’ obtidos pelos advogados decorra de um conluio deles com alguns magistrados, que lhes beneficiariam com sentenças favoráveis, repetindo modus operandi identificado pela Faroeste.

  • Compartilhe:

Publicidade