ENTREVISTA, TITO FALA SOBRE SUAS PROPOSTAS DE GOVERNO

10 de out de 2020

Revisar o código tributário, reabrir o Hospital Infantil Emilly Raquel e retomar a Exposição Agropecuária de Barreiras são algumas das propostas de Tito que foram abordadas durante a entrevista
Na noite desta sexta-feira (09), o deputado federal e candidato a prefeito de Barreiras Tito (Avante/Ba), foi sabatinado durante uma entrevista concedida a Rádio Oeste FM. Tito respondeu vários questionamentos sobre temas importantes para a população barreirense, como emprego e renda, educação, mobilidade urbana, administração, saúde e turismo, e ainda aproveitou a oportunidade para apresentar algumas propostas do seu governo.

 

No início da entrevista, Tito comentou sobre suas propostas para a educação da cidade. O candidato afirmou que restabelecerá os direitos dos servidores da educação, que foram retirados durante a atual gestão. Ele ainda comentou sobre sua proposta para a implantação de escolas de ensino integral na cidade e sobre a construção de novas creches para atender aos pais que precisam trabalhar e não tem com quem deixar seus filhos.
Quando questionado sobre propostas para a geração de emprego em Barreiras, pauta que ganhou ainda mais importância após a crise causada pela pandemia de COVID-19, Tito disse que irá estimular a economia local e que irá revisar o atual código tributário municipal, que tem prejudicado todas as atividades produtivas da cidade em função do aumento, nos últimos 4 anos, das taxas, licenças e demais tributos municipais.
“Nós iremos fazer uma revisão geral do código tributário, fazendo uma política tributária justa, dialogando com o poder legislativo, dialogando com todos os segmentos da sociedade para que a população se sinta acolhida pela administração municipal e acima de tudo, respeitada”, declarou Tito.
Com relação à saúde de Barreiras, Tito afirmou que, caso eleito, uma de suas primeiras ações será reativar o Hospital Infantil Emilly Raquel, para que volte a funcionar 24 horas e para que retome o atendimento exclusivo para crianças e adolescentes. Além disso, ele disse que pretende resgatar o atendimento do Hospital Eurico Dutra, para que também volte a funcionar durante 24h. Para isso, a Unidade de Saúde precisará ser ampliada e devidamente equipada para atender adequadamente a população.

“Não dá para contar e exigir apenas respostas imediatas do Hospital do Oeste que sempre está sobrecarregado pelo grande volume (de pessoas), de todo o Oeste da Bahia, que buscam o Hospital do Oeste. Enquanto Prefeitura Municipal de Barreiras, enquanto governo municipal, o governo de Barreiras precisa assumir as suas responsabilidades. Então iremos reabrir o Emilly Raquel, iremos reabrir o Eurico Dutra e iremos reestruturar o Centro de Saúde Leonídia Aires”, afirmou Tito.
O candidato a prefeito de Barreiras ainda revelou que, se eleito, pretende criar a Secretaria de Turismo e a Secretaria de Cultura, com o objetivo de criar emprego e renda a partir das potencialidades culturais e turísticas da cidade. Ele ainda comentou sobre sua proposta de reativar a Exposição Agropecuária de Barreiras, que deve acontecer anualmente, e de criação dos Balneários da Prainha, da Cachoeira do Acaba Vida e da Cachoeira do Redondo.
“Teremos todo o cuidado com o nosso meio ambiente, mas saberemos utilizar desse rico patrimônio que o nosso município tem, gerando emprego e renda para todos, potencializando, consequentemente, a cultura e o turismo”, comentou o candidato a prefeito.
Tito também afirmou que não haverá nepotismo dentro do seu governo, comentou sobre o desejo de contratar pessoas capacidades de Barreiras para trabalhar na gestão municipal e afirmou que irá realizar concursos públicos para várias áreas da administração.

“Um governo não pode ser um governo de uma nota só. Um bom governo não pode cuidar apenas de asfalto ou fazer algumas obras apenas com recursos federais. E os recursos municipais? Um bom governo é aquele que não só cuida da infraestrutura, mas também, no nosso governo, cuidaremos as saúde, da educação, da rede de proteção social e faremos tantas e tantas inovações administrativas que iremos, de fato, receber o reconhecimento da população”, declarou Tito em uma de suas últimas falas durante a entrevista.

Ascom Tito 70

  • Compartilhe:

Publicidade