EM TEMPOS DE PANDEMIA UNIFASB PRODUZ CARTILHA SOBRE PSICOLOGIA NO ESPORTE

13 de ago de 2020

O período de pandemia é o grande desafio para surgimento de novas técnicas que melhorem a saúde e o bem estar do ser humano. Foi com este propósito que acadêmicos do 9º semestre de Psicologia do Centro Universitário São Francisco de Barreiras (UNIFASB), se debruçaram na elaboração de uma Cartilha Técnica sobre aspectos fundamentais para a prática esportiva destinada a amadores e profissionais. A Cartilha é gratuita e pode ser solicitada pelos através do e-mail psicofasb2016@gmail.com ou direto no site do UNIFASB www.unifasb.edu.br

O trabalho desenvolvido de maneira remota, envolveu assuntos abordados na disciplina de Psicologia do Esporte, ao longo do primeiro semestre deste ano. A professora mestra Jéssica de Macedo do Prado, coordenou a produção. “O material traz a fundamentação teórica referenciada, porém em uma linguagem acessível. Com indicação de materiais e instruções de como continuar trabalhando o esporte e até pontos mais difíceis, a exemplo do overtraining”, explica, ao se referir no excesso de treinamento que pode ocasionar lesões e provocar o desinteresse da prática esportiva.

O acadêmico Aron Willian Glass que participou da produção de conteúdo, destaca que abordou as noções básicas de saúde física dentro do overtraining e percebeu a importância do ambiente virtual, para a produção de material técnico. “Tenho interesse nesse assunto, relacionar corpo e mente é um desafio, já estudo o assunto ao longo da graduação”, disse.

Ao acompanhar a apresentação dos trabalhos on-line, a professora Jéssica reforçou que a produção da Cartilha veio como forma de valorização das informações e de incentivar os alunos que estão prestes a se formar nessa época de pandemia. “O trabalho passa por duas vertentes: uma clínica, com ênfase em saúde e regulação emocional e outra educacional por meio de dinâmicas, convivência em grupo, metas, valores, aceitação, compromisso, comunicação e liderança. Questões interligadas na prática esportiva”, destaca a professora.

  • Compartilhe:

Publicidade