EM RETALIAÇÃO A BOLSONARO, DEPUTADOS DO PSD PODERÃO VOTAR CONTRA A REFORMA DA PREVIDÊNCIA NO SEGUNDO TURNO

23 de jul de 2019

Em retaliação aos ataques do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao Nordeste, deputados federais do PSD que integram a bancada baiana poderão votar contra a reforma da Previdência no segundo turno que tramita na Câmara Federal.

A possibilidade foi aventada pelo presidente do partido no estado, senador Otto Alencar, que na apreciação do primeiro turno liberou os pares a votar de acordo com suas consciências e o resultado foi um saldo de cinco deputados baianos votando de forma favorável ao texto. “Depois que o presidente nos chamou de ‘paraíba’, vamos rever a nossa posição”, admitiu Otto a o Antagonista.

Antes, Otto já havia declarado, que assim como o governador da Bahia, Rui Costa (PT), não compareceria a inauguração do Aeroporto de Vitória da Conquista para não encontrar Jair Bolsonaro. “Não vou porque diante dessa agressão dele, de chamar o nordestino de ‘paraíba’, pode ter algum desentendimento. Melhor evitar, vamos evitar problemas. A gente não tem sangue de barata”, disparou, atribuindo a paternidade da obra ao seu atual colega de Senado e ex-governador, Jaques Wagner. “Não tem um centavo da atual gestão federal ali. O último repasse da União para essa obra foi feito em novembro do ano passado”.

 

Via: Política Livre

  • Compartilhe:

Publicidade