EM GREVE HÁ 43 DIAS, PROFESSORES DA UNEB DECIDEM MANTER PARALISAÇÃO

21 de maio de 2019

Em greve há 43 dias, os professores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) decidiram, nesta segunda-feira (20), pela continuidade da paralisação.

Em nota, a Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb) reclamou da declaração do governador Rui Costa (PT), que, em entrevista à imprensa, afirmou que a greve é “partidária” e foi “apropriada” pelo PSOL.

“(A entrevista do governador) serviu como combustível em uma fogueira que já era forte. De acordo com os comentários de vários professores, o pronunciamento de Rui Costa sobre a greve, além do desrespeito à categoria, demonstrou que o gestor não conhece a realidade das universidades estaduais baianas”, diz trecho da nota. Os professores reivindicam reajuste salarial e melhores condições de trabalho.

 

Via: Bahia Notícias

  • Compartilhe:

Publicidade