DIRETORES DA ACIAGRI, INPEV E ADAB SE REÚNEM E AVALIAM OPERAÇÃO DO SISTEMA CAMPO LIMPO NA BAHIA

26 de abr de 2019

 

Na última terça-feira (23), o presidente da Associação do Comércio de Insumos Agrícolas (Aciagri), Adilson de Campos, esteve acompanhando o coordenador de operações do Instituto Nacional de Processamento de Embalagens Vazias (inpEV), Harthimes Gomes, em uma agenda estratégica na Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB), em Salvador/BA.

Segundo Adilson, a reunião com o diretor substituto de Defesa Sanitária Vegetal, Raimundo Ribeiro dos Santos e fiscais da Agência, foi articulada pelo inpEV – que atua como núcleo de inteligência do Sistema Campo Limpo, com o intuito de apresentar os procedimentos operacionais executados nas unidades de recebimento de embalagens vazias, alinhar ações futuras e principalmente construir uma agenda de conscientização. O supervisor administrativo das unidades de recebimento de Roda Velha e Rosário, Danilo Mendes Porfírio, também participou da reunião.

“A base do Sistema Campo Limpo é a responsabilidade compartilhada. E a melhor forma de alcançar os resultados é através do diálogo, onde cada elo da cadeia produtiva assume o compromisso para o bom funcionamento do Sistema”, disse Adilson.

De acordo com a legislação, aos produtores rurais cabe a responsabilidade de devolver as embalagens devidamente lavadas e inutilizadas nos locais indicados pelos agentes de distribuição na nota fiscal de compra. Os estabelecimentos comerciais e as cooperativas, por sua vez, além de fazerem essa indicação, dispor de um local adequado para o recebimento das embalagens. Aos fabricantes compete promover sua destinação final adequada e ao governo cabe a fiscalização, o licenciamento das unidades de recebimento e o suporte aos fabricantes na promoção de ações de educação ambiental e orientações técnicas necessárias. Hoje, o Brasil é referência mundial na destinação ambientalmente correta do material, encaminhando 94% de embalagens plásticas primárias para reciclagem ou incineração.

Deliberações

Ao final da reunião, as três entidades se comprometeram em reforçar junto aos produtores a importância da utilização de ferramentas que facilitam a devolução das embalagens vazias de defensivos agrícolas nas centrais e postos, a exemplo do Agendamento Eletrônico; estudar a capacidade de armazenamento de embalagens vazias nas propriedades rurais e intensificar o trabalho de conscientização de devolução de embalagens vazias e futuramente de materiais impróprios (produtos fabricados e comercializados regularmente no Brasil, registrados nos órgãos federais competentes, mas que estão com data de validade vencida ou embalagem avariada, impossibilitando seu uso).  As três unidades de recebimento gerenciadas pela Aciagri (Barreiras, Roda Velha e Rosário) já concluíram o processo de envio de documentação ao Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (INEMA) do Estado da Bahia, e aguardam apenas a publicação da Licença de Operação, por parte do órgão, para operar o novo serviço.

Nova agenda

Uma nova agenda, exclusiva com o setor de fiscalização da Coordenadoria Regional de Barreiras está agendada para o dia 15 de maio, na cidade de Barreiras.

Aciagri

Atualmente a Aciagri conta com mais de 50 revendas e cooperativas associadas e gerencia três centrais Campo Limpo na região: Barreiras, maior do país em volume de recebimento; Roda Velha e Rosário – considerada a terceira maior do nordeste do país, além de outros três postos de recolhimento: Panambi, Coaceral e Campo Grande, retirando anualmente do meio ambiente mais de 3 mil toneladas do material.

Foto: Divulgação

  • Compartilhe:

Publicidade