DESTINO DE BOLSONARO PODE SER O PP.

28 de maio de 2021

 

Enquanto o presidente do Patriota, Adilson Barroso, sonha em filiar Jair Bolsonaro (sem partido) para 2022, entre membros do PTB, a aposta é a de que o presidente vai acabar optando pelo PSL.

A saída do senador Flávio Bolsonaro (RJ) do Republicanos, nesta quarta-feira (26), voltou a criar pressão entre aliados para que Bolsonaro decida logo seu destino.

Dirigentes do PSL, por sua vez, o veem próximo do PP. Nos bastidores, há a leitura de que os partidos não querem ceder seu controle a Bolsonaro e, por isso, o jogo de empurra persiste.

Nesta quinta-feira (27), em reunião com deputados estaduais do PSL de SP, o vice-presidente da sigla Antonio Rueda afirmou que as chances de filiar Bolsonaro são baixas, mas parte dos parlamentares entendeu, pelo clima e pelas entrelinhas da conversa que, na verdade, a possibilidade é considerável.

A estratégia, porém, seria baixar a bola para que uma precipitação não estrague a negociação. Por enquanto, os deputados bolsonaristas da bancada não têm decisão tomada —também aguardam a movimentação do presidente para eventualmente segui-lo.

 

Folhapress

  • Compartilhe:

Publicidade