DESEMBARGADORA TERIA DELATADO 58 NOMES ENVOLVIDOS NA OPERAÇÃO FAROESTE, DIZ JORNAL

08 de jan de 2021

A desembargadora Sandra Inês Moraes Rusciolelli, presa em regime domicilar desde setembro do ano passado, teria incluído, em seu acordo de delação premiada, 58 nomes envolvidos na Operação Faroeste, que desmonta uma esquema de corrupção dentro do Tribunal de Justiça da Bahia.

A informação, divulgada pelo jornal Correio, na coluna Satélite, foi entregue pela defesa da desembargadora à Procuradoria-Geral da República. Na lista, estariam 12 desembargadores, sendo que sete deles já são formalmente investigados na Operação.

Entre os nomes conhecidos, estão Maria Socorro, ex-presidente do TJ-BA, José Olegário Monção Caldas, Lígia Maria Ramos e Gesilvado Brito, também ex-presidente do TJ.

Fonte:Política Ao Vivo

  • Compartilhe:

Publicidade