DEPUTADOS PRESSIONAM POR AUXÍLIO BRASIL MAIOR DO QUE O PREVISTO PELO GOVERNO, E VOTAÇÃO É ADIADA DE NOVO
25 de novembro de 2021

 

As mudanças no Auxílio Brasil em discussão pelo Congresso devem pressionar a verba para o programa social mesmo se o governo conseguir garantir um orçamento de quase R$ 86 bilhões para o próximo ano.

O Auxílio Brasil, que substitui o Bolsa Família, foi criado por MP (medida provisória) editada em agosto e precisa ser aprovado pelo Congresso até 7 de dezembro. A Câmara adiou novamente a votação do texto nesta quarta-feira (24) após uma disputa entre o governo e o relator da proposta, deputado Marcelo Aro (PP-MG).

Aro apresentou a líderes da Câmara uma versão que alteraria pontos do programa social com a marca do presidente Jair Bolsonaro.

Como mostrou a Folha em setembro, uma das propostas é prever uma correção automática do valor da renda transferida mensalmente à população mais pobre do país. O reajuste seria pelo INPC (índice de inflação com foco nas classes mais baixas).

Por pressão da equipe econômica, a maioria da Câmara não apoiou esse item. O time do ministro Paulo Guedes (Economia) é contra medidas que impõem aumento automático de despesas.

Líderes de partidos aliados ao Palácio do Planalto atenderam ao pedido do governo e sinalizaram a Aro que o reajuste automático do benefício pago pelo Auxílio Brasil encontra forte resistência na Câmara. Diante desse cenário, o relator informou que irá recuar.

No entanto, a base aliada do governo quer aprovar outras mudanças no Auxílio Brasil sugeridas por Aro.

Uma delas é impedir que haja fila de espera para ingressar no programa de transferência de renda.

Hoje, por lei, o governo não é obrigado a atender todas as famílias que estão dentro da faixa de pobreza e extrema pobreza.

A fila, que atualmente está em torno de 1,2 milhão de cadastros, se forma porque a verba do Bolsa Família tem ficado menor que o necessário para atender a todos que tiveram o cadastro analisado pelo governo.

A verba do Auxílio Brasil para 2022 considera que 17 milhões de famílias serão atendidas —a cobertura hoje é de 14,7 milhões.

No entanto, além da fila que já se formou, houve um aumento no número de famílias que se inscreveram na faixa de pobreza e extrema pobreza pelo Cadastro Único (sistema para programas sociais), como relataram técnicos do governo à Folha em outubro diante do fim do auxílio emergencial.

Outra mudança no programa social que está em debate na Câmara eleva as faixas de pobreza e extrema pobreza (critérios de entrada de uma família no programa social). Isso também abre margem para que mais pessoas se enquadrem na transferência de renda.

No início de novembro, o governo atualizou esses critérios. Hoje, para entrar no Bolsa Família, o Cadastro Único considera em extrema pobreza pessoas com renda mensal de R$ 100 por membro da família.

Rendimentos entre R$ 100,01 e R$ 200 são classificados como situação de pobreza.

O relator quer elevar essas faixas para R$ 105 por membro da família (extrema pobreza) e R$ 210 (pobreza).

Segundo técnicos do Congresso, a elevação das faixas como critério de acesso ao programa e a determinação de que não pode haver fila de espera irão ampliar o Auxílio Brasil, pressionando a verba que será reservada para as transferências de renda já em 2022.

Até a publicação desta reportagem, Aro ainda não havia apresentado formalmente o relatório. O governo tenta concluir a votação da MP na Câmara ainda nesta semana.

A proposta precisa do aval das duas Casas do Congresso até 7 de dezembro. Caso contrário, a criação do Auxílio Brasil perderá a validade.

O relator tentou durante esta quarta-feira (24) conseguir apoio para o dispositivo que daria reajuste automático ao benefício do programa social. Mas o governo trabalhou contra a ideia.

“No texto ideal, eu gostaria que houvesse essa indexação [reajuste automático], porque a inflação é mais sentida pelas camadas mais vulneráveis. Mas, para isso, preciso ter maioria dos votos”, disse Aro.

O deputado também propôs que mais beneficiários do programa tenham direito a um bônus em caso de ampliarem a renda familiar. O Ministério da Cidadania quer pagar, por até dois anos, esse valor extra para beneficiários que conseguirem emprego formal (com carteira assinada). Segundo o governo, é uma forma de incentivar que as famílias não dependam mais da renda do programa social.

Pela versão de Aro, o bônus deve ser pago mesmo a beneficiários que atuarem como microempreendedor individual (MEI) e trabalhador autônomo.

No entanto, a ideia do relator é que esse valor extra seja pago em títulos do Tesouro Nacional. O valor acumulado poderia ser resgatado após sair do programa social, perda de emprego ou fechamento da microempresa.

Além de aprovar a MP que cria o Auxílio Brasil, o governo precisa do aval do Congresso para ampliar a margem de gastos no Orçamento e, com isso, cumprir a promessa de Bolsonaro para elevar o benefício médio do programa do patamar atual de R$ 220 por mês para, no mínimo, R$ 400.

A ampliação da margem de gastos se dará pela PEC (proposta de emenda à Constituição) dos Precatórios, que está em análise no Senado. Com essa PEC, será possível expandir o orçamento do programa para cerca de R$ 86 bilhões no próximo ano, quando Bolsonaro pretende concorrer à reeleição.

As bases do Auxílio Brasil seguem o formato do Bolsa Família. Quem já está no programa criado na gestão do PT será automaticamente transferido para a versão de Bolsonaro.

O programa de Bolsonaro altera a forma de calcular o benefício de cada família. Ao todo, serão nove tipos de benefícios que, ao final da conta, serão reunidos no valor a ser recebido.

No entanto, a principal diferença entre o Auxílio Brasil e o Bolsa Família é a intenção do governo de ampliar a verba para o programa.

De olho nas eleições de 2022, Bolsonaro foi aconselhado por aliados a destinar mais recursos para essa área.

A popularidade dele subiu no auge do auxílio emergencial, mas agora segue em queda —mesmo com o aumento do orçamento do Auxílio Brasil, o novo programa ainda estará longe de alcançar a cobertura de famílias carentes que o auxílio emergencial teve.

 

Thiago Resende / Folha de S. Paulo

  • Compartilhe:

Mais do Mural do Oeste

Mais do Mural do Oeste

01/12/2021 PROJETO ADAB NA ESCOLA: OZIEL OLIVEIRA ENTREGA CERTIFICADOS EM SALVADOR NO BAIRRO DE CAJAZEIRAS   O Diretor-Geral da ADAB, Agência de Defesa Agropecuária da Bahia, Oziel Oliveira, esteve, nesta terça-feira, 30 de novembro no bairro de Cajazeiras em Salvador num ciclo de palestras promovido pelo Programa ADAB na Escola que é voltado para os estudantes. Na oportunidade foram entregues 3 ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 BARREIRAS: MORRE MÃE DO BLOGUEIRO CARLOS MODESTO, DO BARREIRAS NOTÍCIAS   Faleceu nesta-terça-feira, 30 de novembro, dona Rosenilda Alves Modesto, 68 anos,  mãe do blogueiro Carlos Modesto, dono do Blog Barreiras Notícias. Modesto é um grande companheiro, uma pessoa que gosto muito pela sua maneira alegre de ser e viver. Mesmo enfrentando o sofrimento e a dor ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 JUAZEIRO APONTA PARA NÃO REALIZAÇÃO DO CARNAVAL; CIDADE É CONHECIDA POR ABRIR A FOLIA Foto: Reprodução / Rede GN Juazeiro, no norte do estado, indicou que irá se abster da realização do Carnaval no próximo ano. Reconhecida por organizar o festejo que abre o calendário de festas carnavalescas da Bahia, a cidade deverá fazer parte de uma lista de roteiros que também suspendera ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 FAROESTE: APÓS DELAÇÃO SER HOMOLOGADA, ADVOGADO DEIXA CASO DE DESEMBARGADORA Foto: Divulgação O advogado Pedro Henrique Duarte não está mais à frente da defesa da desembargadora Sandra Inês Rusciolelli, do Tribunal de Justiça da Bahia (TJ-BA). O caso será liderado pela advogada Thais Bandeira, através da Associação dos Magistrados da Bahia (Amab). O advogado cont ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 MORO VAI RECEBER SALÁRIO DE R$ 22 MIL DO PODEMOS O ex-juiz Sérgio Moro vai receber a partir do mês de dezembro um salário do Podemos. Recém-filiado ao partido e apontado como nome para concorrer a presidente em 2022, Moro vai receber R$ 22 mil, o que, descontados os impostos, ficará em torno de R$ 15 mil. A informação foi divulgada pelo jor ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 SEGUNDA TURMA DO STF ANULA PROVAS CONTRA FLÁVIO BOLSONARO NO INQUÉRITO DAS RACHADINHAS   Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) atendeu nesta terça-feira, 30, o senador Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) e anulou provas colhidas pelo Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) no inquérito das rachadinhas. Os ministros Gilmar Mendes, relator do habea ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 BRASIL COMPLETA 1 MÊS COM MÉDIA DE MORTES POR COVID ABAIXO DE 300   Em 1º de novembro, o Brasil registrava, pela primeira vez desde abril de 2020, média móvel de mortes por Covid inferior a 300 vidas perdidas por dia. Trinta dias depois, agora em meio a uma nova variante que assusta o mundo, a marca permanece nessa faixa. Nesta terça-feira (30), com as 32 ...
  • Compartilhe:

01/12/2021 ANVISA IDENTIFICA DOIS CASOS DA VARIANTE ÔMICRON NO BRASIL     A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que dois brasileiros estão infectados com a variante Ômicron do coronavírus, segundo resultados preliminares divulgados nesta terça-feira, 30. Os casos são de dois passageiros vindos da África do Sul e que desembarcaram ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 LULA AUMENTA VANTAGEM SOBRE BOLSONARO E MORO ESTREIA COM 13,7%, DIZ PESQUISA DO ATLAS   Fotos: Ricardo Stuckert / Agência Brasil O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) aumentou sua vantagem sobre o atual mandatário da República, Jair Bolsonaro (PL), no novo levantamento do instituto de pesquisas Atlas Político divulgado nesta terça-feira (30), sobre a corrida pre ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 INDICAÇÃO DE JUSMARI É ATENDIDA E 335 KM DE RODOVIAS SERÃO RECUPERADOS NO OESTE DA BAHIA Atendendo a uma reivindicação da deputada Jusmari Oliveira, apresentada no inicio do seu mandato e também  atendendo a pedidos de Oziel Oliveira, a Secretaria de Infraestrutura do Governo da Bahia, já começou a recuperação total da estrada que liga São Desidério a Roda Velha. Segundo Jusma ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 LÚCIO DECLARA QUE CÚPULA DO MDB NÃO IRÁ A LANÇAMENTO DA PRÉ-CANDIDATURA DE ACM NETO   O ex-deputado federal e membro do MDB na Bahia, Lúcio Vieira Lima, declarou, na manhã desta terça-feira (30) que, nem ele nem o presidente estadual da sigla, Alex Futuca, irão ao evento de lançamento da pré-candidatura do ex-prefeito de Salvador (DEM/União Brasil) ao governo da Bahia, ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 LA CASA DE PAPEL: SEGUNDA PARTE DA 5ª TEMPORADA GANHA TRAILER; SÉRIE RETORNARÁ A NETFLIX NESTA SEMANA   Nesta semana, a Netflix disponibilizará aos seus assinantes a Parte 2 da 5ª temporada de La Casa de Papel. A série espanhola, criada por Álex Pina, promete surpreender os espectadores com o desdobramento do novo roubo arquitetato pela gangue do Professor (interpretado por Álvaro Mor ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 “NÃO TOMAREI DECISÃO PRECIPITADA”, DIZ RUI SOBRE REALIZAÇÃO DO CARNAVAL Foto: Reprodução / YouTube O governador Rui Costa (PT) informou que não vai se precipitar em relação a qualquer anúncio sobre o Carnaval. Em entrevista para a Rádio Sociedade na manhã desta terça-feira (30), o chefe do Executivo da Bahia, manteve a cautela em relação a realização da fes ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 APÓS DOIS ANOS SEM PARTIDO, BOLSONARO SE FILIA AO PL EM CERIMÔNIA COM VALDEMAR COSTA NETO   Após dois anos sem partido, o presidente Jair Bolsonaro filiou-se ao PL na manhã desta terça-feira (30). A cerimônia aconteceu na sede do partido em Brasília e contou com a presença do presidente da sigla, Valdemar Costa Neto, e de membros do governo. A informação é do G1. O PL será ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 LULA SOBRE ALCKMIN: “QUERO CONSTRUIR UMA CHAPA PARA GANHAR AS ELEIÇÕES”   O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reforçou a hipótese de ter Geraldo Alckmin (de saída do PSDB) na vice de sua chapa presidencial em 2022 e disse que aguarda a definição do novo partido do ex-governador para avançar nas negociações. Em entrevista para a rádio Gaúcha FM nest ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 SUSPEITO É PRESO POR TENTAR SUBORNAR POLICIAIS POR R$ 3 MIL Um homem foi preso, suspeito de corrupção ativa após oferecer R$ 3 mil a investigadores da 13ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin/Seabra), na noite desta segunda-feira (29). Segundo a Polícia Civil, o caso ocorreu depois da polícia flagrar o homem sem a Carteira Nacional d ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 OPERAÇÃO DA POLÍCIA FEDERAL APURA DESVIOS DE VERBAS DESTINADAS A AÇÕES DE ENFRENTAMENTO À PANDEMIA EM CIDADE BAIANA   A Polícia Federal (PF) deflagrou uma operação para combate do desvio de verbas federais destinadas a ações de enfrentamento à pandemia da Covid-19. Ao todo são cumpridos 12 mandados de busca e apreensão, sendo sete em Serrinha, na região sisaleira; além de Manaus (AM) e Araranguá ( ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 BAHIA: GOVERNO DO ESTADO AUMENTA PARA 5 MIL O LIMITE DE PESSOAS EM EVENTOS   O Governo da Bahia aumentou de três para cinco mil pessoas o limite máximo de público em eventos no estado. O novo decreto foi publicado nesta terça-feira (30), no Diário Oficial. A medida é válida até 10 de dezembro de 2021, e modifica um outro decreto, publicado no último dia 26. ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 CERVEJARIA AMBEV ESTÁ OFERECENDO 63 CURSOS GRATUITOS E EAD PARA O PÚBLICO EM GERAL; SAIBA COMO SE INSCREVER   A Cervejaria Ambev, dona das marcas Skol, Colorado e outras, expandiu a multiplataforma Ambev On e está oferecendo vários cursos gratuitos e atividades gratuitas para o público em geral na modalidade EAD. Até agora, a Cervejaria está com 63 cursos sendo ofertados. Entre os variados assun ...
  • Compartilhe:

30/11/2021 SAIBA QUANDO SERÁ DIVULGADO O RESULTADO OFICIAL DO ENEM 2021   Os resultados das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2021 serão divulgados no dia 11 de fevereiro do ano que vem. A data foi confirmada pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), responsável pela realização do exame, durante entrevis ...
  • Compartilhe:

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade