CONFIRA AS DICAS DE COMO TRATAR VIROSE E RESSACA APÓS O CARNAVAL

27 de fev de 2020

Quando o carnaval chega ao fim, também chegam algumas consequências para quem se jogou e exagerou na folia: ressaca, fadiga, cansaço e até algumas viroses. Para quem quer amenizar os sintomas, a nutricionista Fabiana Freire diz que a dica é abusar de algumas frutas e verduras.

“Para ressaca, precisamos investir em frutas ricas em vitaminas e minerais, priorizando as que possuem vitamina A, C e E”, explicou. “Essas frutas são antioxidantes e previnem a ressaca, que é bem comum depois do carnaval”, disse.

Ela explicou, também, que a couve, um vegetal de forte poder desintoxicante, pode ser acrescentado nos sucos. “Ele vai fazer uma limpeza hepática. Então pode ser misturado com suco de laranja, por exemplo. Também não podemos esquecer da água de coco, por ser um excelente isotônico”, contou.

As frutas mais indicadas são as ricas em água, como melancia e melão. “Ou a própria laranja, que é rica em vitamina C e contribui para o fortalecimento do sistema imunológico”, aconselhou Fabiana.

Já entre as verduras, a profissional indica, principalmente, as vermelhas. “Como a beterraba, que aumenta a perfusão sanguínea. Ela vai dar um ‘up’, dar mais energia”, afirmou Fabiana.

Para quem exagerou na gordura, a indicação é investir em chás. “Principalmente chá verde e o chá de carqueja. “O chá verde é um incrível fitoterápico, desintoxicante, ele tem a função de limpar o fígado e é ótimo para quem cometeu excessos”, continuou Fabiana.

Já para quem acabou a festa de Momo com uma virose, o segredo é apostar em frutas de cores alaranjadas. “São frutas ricas em betacaroteno, e aí tem mamão, laranja, limão. A grande dica é consumir essas frutas com folhinhas de hortelã porque é um excelente antioxidante”, indicou.

Fabiana explicou, ainda, que o melhor é tomar os sucos em jejum. “Acorda, toma o suco e espera 30 minutos para poder tomar o café da manhã. Lembrando que não pode adoçar. Se quiser, é importante usar adoçantes bom, como stevia ou xilitol, ou ainda mel”, concluiu a nutricionista.

  • Compartilhe:

Publicidade