COM SAÍDA DOS CUBANOS, ANGICAL FICA SEM MÉDICOS

15 de nov de 2018

Moradores de Angical relataram ao Mural do Oeste que a cidade, a partir de agora, fica sem médico. Os únicos que atendiam no município eram quatro cubanos que já estão de saída. Para os moradores a situação é grave uma vez que ficarão sem atendimento médico e sem ter a quem recorrer em caso de necessidade imediata. Outras cidades do Oeste Baiano também já estão relatando dificuldades para atender aos seus moradores e pedem a contratação imediata de novos médicos. Os cubanos faziam parte do programa Mais Médico que foi implantado pela então presidente Dilma. Por desentendimento com o presidente eleito Jair Bolsonaro, o governo de Cuba decidiu retirar imediatamente os médicos cubanos do Brasil.

  • Compartilhe:

Publicidade