COLBERT MARTINS É REELEITO COMO PREFEITO DE FEIRA DE SANTANA

30 de nov de 2020

Enfim, a vitória. Na sua quarta tentativa nas eleições municipais de Feira de Santana para o cargo de prefeito, a Princesinha do Sertão finalmente elegeu Colbert Martins (MDB). O político é o atual gestor da cidade, mas não da forma convencional. Em 2016, Colbert foi eleito vice-prefeito de José Ronaldo, que se retirou do cargo em 2018 para concorrer ao pleito de Governador do Estado. Ele acabou assumindo a cidade. Desta vez, foi eleito nas urnas com 54% dos votos válidos, desbancando Zé Neto, do PT, com 45%. E foi de virada. No primeiro turno, o adversário foi melhor nas urnas, com 41% dos votos, contra 38% do agora vencedor.

Nas últimas três eleições que concorreu a prefeito, Colbert perdeu todas para o PFL, hoje DEM. No último, em 2008, ficou com apenas 24,44% dos votos, perdendo para Tarcízio Pimenta. Em 2004 e 2000 perdeu para José Ronaldo, com 19,21% e 33,7% dos eleitores, respectivamente. Se não pode com o inimigo, junte-se a ele. Em 2016, Colbert se aliou ao próprio Zé Ronaldo, do DEM, conquistando a vaga de vice-prefeito. Acabou sendo o caminho para o cobiçado cargo de prefeito.

Aos 65 anos, o político feirense finalmente vai seguir os passos do saudoso pai, Colbert Martins da Silva, que foi eleito prefeito de Feira por duas vezes, nos anos de 76 e 88. Contudo, a vaga de prefeito não é o primeiro cargo político do Colbert filho. Antes de finalmente assumir a gestão da cidade, o atual gestor foi deputado estadual, entre os anos de 1991 e 1995, conquistando ainda a vaga de deputado federal em três mandatos (1997-1999, 2003-2007 e 2007-2011).

Nascido no dia 2 de outubro de 1952, em Feira de Santana, Colbert Martins da Silva Filho se formou em medicina pela UFBA, em Salvador. Na capital, foi diretor do Sindicato dos Médicos do Estado da Bahia e vice-presidente da Associação Baiana de Medicina. Em Feira, também foi diretor regional e subsecretário de Saúde, além de professor de Epidemiologia da Universidade Estadual de Feira de Santana, UEFS, desde 1989. Na vida pública, foi autor do projeto que implantou a Região Metropolitana de Feira de Santana, sancionada em 2011.

 

Via: Correio*

  • Compartilhe:

Publicidade