CALOUROS DO CURSO DE MEDICINA DA FASB PARTICIPAM DA ‘CERIMÔNIA DO JALECO’

19 de mar de 2019

A manhã de sábado (14) foi marcada por um dos eventos mais simbólicos do primeiro semestre do Curso de Medicina da Faculdade São Francisco de Barreiras (FASB), a ‘Cerimônia do Jaleco’. Esse encontro envolve ingressantes, familiares, padrinhos e convidados e faz parte do calendário acadêmico de inúmeras universidades ao redor do mundo. O jaleco recebido pelos calouros representa a iniciação no curso e chama a atenção para a adoção, por parte do estudante, de uma postura ética, dedicada e responsável perante a instituição e a sociedade.

“Esse é um momento muito significativo, em que cada parte assume responsabilidades. A faculdade, cumprindo o dever de buscar o melhor ensino, como tem feito nos 20 anos de sua existência, e o estudante, entendendo que vai ter que abrir mão de coisas muito prazerosas –passeios, festas, viagens, que nesse momento ficarão em segundo plano. É o caminho para a maturidade, que é fundamental para profissionais que terão a responsabilidade de salvar vidas e cuidar do bem-estar da população”, observou o Dr. Nailton Jatobá, coordenador de ensino do curso de Medicina da FASB.

Raphael Lavigne, um dos 82 ingressantes do curso de Medicina, veio de Salvador. Ele aprovou a recepção e falou das expectativas para os próximos anos. “Gostei muito da forma como fui recebido, já estou me sentindo em casa. Quero fazer dessa experiência aqui em Barreiras o alicerce que vai sustentar o meu futuro. É o curso que eu sempre quis, então não vai faltar empenho e responsabilidade” declarou. “Viemos de Belo Campo, no sudoeste baiano, para acompanhar o início dessa jornada. Temos muita fé na parceria com a FASB, pois tanto a instituição, quanto minha filha, estão empenhadas em buscar o melhor”, afirmou Arnóbio Ferraz, pai da acadêmica Priscila.

Tadeu Sérgio Bergamo, diretor-presidente do Instituto Avançado de Ensino Superior de Barreiras, Iaesb, entidade mantenedora da FASB, disse em seu discurso que uma grande estrutura, dedicada ao curso de Medicina, está em estágio avançado de edificação. Estão previstos 39 consultórios médicos equipados, salas para procedimentos cirúrgicos, modernos laboratórios de análises clínicas, aquisição de sofisticados equipamentos de imagem e outros aparatos tecnológicos de suporte ao aprendizado. Além disso, Bergamo esclareceu que as tratativas para a construção do hospital universitário estão em processo de conclusão, com expectativas para o início das obras ainda em 2019.

  • Compartilhe:

Publicidade