BURITIRAMA: PREFEITO ARIVAL VIANA ENCONTRA O CAOS NAS FINANÇAS DO MUNICÍPIO

27 de jan de 2021

 

Iniciando o seu mandato, o prefeito de Buritirama, Arival Viana, utiliza toda a sua experiência de 6 mandatos e mergulha no trabalho para organizar as finanças da Prefeitura. Em conversa com o Mural do Oeste, Arival diz que encontrou o pior cenário financeiro da história do município. Segundo ele, há dívidas em praticamente todos os setores, o que provoca uma paralisia na administração.

Para se ter uma ideia do quadro caótico deixado pelo ex-prefeito, Judisnei Alves de Souza, mais conhecido por Dedê, o município está inadimplente com o INSS, cuja dívida atinge o montante estimado em 12 milhões de reais por valores recolhidos a menor nos quatro anos da gestão do ex-prefeito, além do não recolhimento do mês de dezembro e do décimo terceiro, cujos salários não foram pagos aos servidores. Arival Viana diz que, incluindo INSS, valores não recolhidos dos consignados, fornecedores, atrasos com a Coelba, entre outros, a dívida total estimada do município chega a 20 milhões de reais.

“Esses débitos tem provocado um bloqueio das contas do Município de Buritirama e sucessivas ações judiciais e muito tem prejudicado o nosso trabalho” afirmou o prefeito.

Outro sério problema são os consignados. Arival diz que o ex-prefeito descontou os empréstimos dos servidores na folha de pagamento mas não fez o repasse às agências bancárias. O débito está na casa dos 2 milhões de reais e os bancos já protocolaram ação contra o município cobrando o pagamento das parcelas.

REPASSE DA CÂMARA

De acordo com o prefeito Arival  Viana outro problema estarrecedor foi a forma como era feito o repasse do duodécimo da Câmara Municipal. A prefeitura tem por obrigação legal de passar 180 mil reais para o Legislativo, mas, como na época o presidente era um cunhado do ex-prefeito, era feito o repasse de apenas 100 mil. Para perplexidade da atual gestão, o ex-presidente entrou com uma ação cobrando 800 mil reais que não foram repassados na gestão anterior. “Por onde a gente olha tem dívidas” afirma Arival.

VERBAS LANÇADAS NA CONTA DO FPM PARA FACILITAR MANOBRAS FINANCEIRAS

Arival conta que uma das suas maiores surpresas foi constatar que o ex-prefeito lançou, não se sabe como, quase todas as verbas que o município recebia, no FPM – Fundo de Participação dos Municípios e, em seguida, fez vultuosas retiradas. “Isso é improbidade administrativa” diz ele.

O caos financeiro é tamanho que até o TFD – Tratamento Fora de Domicílio – não está sendo feito porque o carro que transportava os pacientes foi batido e além disso o ex-prefeito deixou uma dívida de 80 mil reais com as empresas de transporte – Novo Horizonte e Entram, que só aceitam voltar a prestar serviço depois que o pagamento for feito. Ainda no setor da saúde o Hospital foi encontrado fechado e até para buscar as vacinas contra o Covid-19 foi preciso pedir emprestado um carro à Polícia Militar.

“O ex-prefeito recebeu Um  Milhão e Oitocentos mil reais para o trabalho de combate à Pandemia do Coronavírus e não se sabe onde esse dinheiro foi gasto, pois, Buritirama só tem um respirador que foi deixado, ainda na minha gestão anterior e o mais incrível é que esse único respirador foi entregue agora quebrado, sem condições de funcionamento”, disse o prefeito.

Diante do rombo financeiro deixado pelo ex-prefeito, o funcionalismo público municipal, vive em constante tensão e uma prova disso é que o Sindicato dos Professores já entrou com uma ação para receber os salários atrasados.

O ex-prefeito não fez transição, não fez prestação de contas e desde que perdeu a eleição, sumiu da cidade.  Já o prefeito Arival, mesmo diante de todas as dificuldades encontradas, disse que não medirá esforços para mudar o quadro.

“Gostaria de dizer ao povo de Buritirama que nós vamos trabalhar com muito empenho e dedicação para que possamos resolver estes problemas o mais rápido possível para que possamos devolver a tranquilidade ao funcionalismo, aos pais e mães de família e a toda sociedade. Sou um gestor que tem responsabilidade e compromisso com o povo e tudo farei para recolocar as finanças de Buritirama nos trilhos”, finalizou Arival Viana.

 

GRANDE PARTE DA FROTA DE VEÍCULOS FOI ENTREGUE SUCATEADA PELA GESTÃO ANTERIOR

As imagens abaixo mostram de que forma os veículos da prefeitura de Buritirama foram entregues para a gestão atual. Os veículos estão danificados e sem condições de uso.

 

7

 

  • Compartilhe:

Publicidade