180013201725051

O saldo de novas vagas de emprego com carteira assinada cresceu pelo segundo mês consecutivo em Bom Jesus da Lapa. Segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta sexta-feira (23), foram criadas 110 novas vagas de trabalho com carteira assinada na cidade no mês de julho.

O saldo foi maior do que no mês anterior, quando foram geradas 94 vagas, e maior do que em julho de 2018, quando foram criadas 65 novas vagas apenas.

Foram 235 admissões contra 125 desligamentos. Ao todo, o município possui 5.408 vagas de emprego com carteira assinada, num total de 1.705 estabelecimentos. O saldo dos sete primeiros meses do ano é positivo, foram criadas 189 vagas em Bom Jesus da Lapa no período.

Os cargos com melhor saldo foram – Servente de obras, 31 (34 admissões e 3 desligamentos); vendedor de Comercio Varejista, 14 (30 admissão e 16 desligamento);   Faxineiro (Desativado em 2010), 13 (16 admissão e 3 desligamento);  e Recepcionista, em Geral, 13 (15 admissões e 2 deligamento).

Já as demissões foram mais acentuadas no trabalho do cultivo de arvores frutíferas. Foram 21 desligamento desta função  e 14  admitido, com saldo negativo de 7 vagas.

Nos 6 municípios que compõem a Microrregião de Bom Jesus da Lapa, foram criadas 238 novas vagas. No Estado da Bahia o saldo foi negativo, 2.275 vagas foram fechadas. Só a função de Trabalhador da Cultura de Cafe teve saldo negativo de 1.846 com a chegada da entressafra das plantações.

O saldo no Estado nos sete primeiros meses de 2019 é de 22.206 novas vagas de trabalho.

 

Com informações da Agência Sertão.