BOLSONARO DIZ QUE NÃO USOU O TERMO “GRIPEZINHA” AO SE REFERIR A COVID-19

28 de nov de 2020

“Falei lá atrás, no meu caso, falei, pelo meu passado de atleta, não generalizei, se pegasse o Covid não sentiria quase nada. É o que eu falei.

O pessoal da grande mídia falando que eu chamei de ‘gripezinha’ a questão do Covid. Não existe um vídeo ou áudio meu falando dessa forma”, disse o presidente Jair Bolsonaro, nesta quinta-feira (26), em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Apesar de negar que tenha chamado a Covid-19 de “gripezinha”, Bolsonaro chamou. E foram duas vezes, publicamente. Em 20 de março deste ano, quando disse que “depois da facada, não vai ser uma gripezinha que vai me derrubar, não”, e no dia 24 do mesmo mês. “No meu caso particular, pelo meu histórico de atleta, caso fosse contaminado pelo vírus, não precisaria me preocupar. Nada sentiria, ou quando muito seria acometido de uma gripezinha, ou resfriadinho”, falou, na época.

Vale lembrar que o Brasil é o segundo país do mundo com mais mortes ocasionadas pelo novo coronavírus. Está atrás apenas dos Estados Unidos. No total, são 171.497 óbitos desde o início da pandemia, com mais de 6 milhões de casos já registrados.

Fonte: Bahia Notícias.

  • Compartilhe:

Publicidade