BOLSONARO CONFIRMA COPA AMÉRICA NO BRASIL: ‘SE DEPENDER DE MIM, HAVERÁ’

01 de jun de 2021

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira que o Brasil vai sediar a Copa América, torneio de futebol marcado para começar no dia 13 deste mês. O País foi a terceira opção dos organizadores, após Colômbia e Argentina desistirem de receber o evento.

“Se depender de mim e de todos os ministros, inclusive o da Saúde Marcelo Queiroga, está acertado, haverá. O protocolo é o mesmo da Libertadores, o mesmo do Sul-Americano, campeonatos internacionais de futebol, a mesma coisa”, declarou Bolsonaro a apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, em Brasília.

O presidente criticou a cobertura da imprensa sobre a transferência do torneio pelo fato de o evento internacional representar um estímulo a aglomerações em um momento grave da crise do novo coronavírus, que já matou mais de 450 mil pessoas no Brasil.

“O que está havendo aqui? Movimento da Globo contrário porque os direitos de transmissão são do SBT. Não está havendo Libertadores? Não está havendo a Sul-Americana? Não começa agora na sexta-feira a Eliminatória da Copa do Mundo? Ninguém fala nada. Não tem problema nenhum”, disse Bolsonaro.

O ministro das Comunicações, Fábio Faria, é genro do empresário e apresentador Silvio Santos, dono do SBT, empresa que tem os direitos de transmissão da Copa América.

Na segunda-feira, o ministro da Casa Civil, Luiz Eduardo Ramos, afirmou que a condição estabelecida pelo governo para o Brasil sediar a Copa América deste ano é de os jogos acontecerem sem torcidas e que todos os integrantes das delegações serem vacinados. Em entrevista no Palácio do Planalto, Ramos não havia dado como certo que o País vai receber a competição.

  • Compartilhe:

Publicidade