BARREIRAS: VEREADORES DEBATEM A RESPEITO DE TEMA DA REPORTAGEM DO SITE MURAL DO OESTE

07 de ago de 2019

 

Na noite desta terça-feira, 06, na sessão que marcou a volta do recesso dos trabalhos do legislativo barreirense, o principal tema da noite em discussão, foi pautado a partir de uma matéria publicada pelo site Mural do Oeste. O vereador oposicionista, Marcos Reis (PSC), citou em seu pronunciamento a fala repercutida em matéria do repórter Gabriel Sena, em que o prefeito de Barreiras Zito Barbosa afirmava ter descoberto a causa da grande demanda pelos serviços de saúde em Barreiras (leia aqui). Além do vereador Marcos Reis, discorreram quase que exclusivamente sobre este tema o vereador Dr. José Barbosa, líder da oposição na Câmara e os vereadores governistas, Dra. Graça Melo e João Felipe. O argumento utilizado pelos vereadores de oposição é de que a descoberta da existência de mais de 200 mil carteiras SUS cadastradas em Barreiras é uma situação conhecida por todos, não se tratando por tratando portanto de uma ‘descoberta’. Além disso, tanto o vereador Marcos Reis, quanto Dr. José Barbosa criticaram o fato de que o prefeito tenha tido acesso a quantidade de cartões do SUS, somente após 2 anos e 7 meses de mandato.

Em conversa com o site Mural do Oeste e também durante a sua fala, a médica e parlamentar Dra. Graça Melo afirmou que o município faz a sua parte em não omitir atendimento médico aos que procuram, entretanto, afirmou também que os serviços públicos de saúde ofertados pelo município são sim prejudicados pelo grande número de atendimentos que são realizados, para moradores de outras cidades.  ”A preocupação maior do prefeito e da secretaria de Saúde é que isso diminua a assistência a população de Barreiras. É preciso fazer um reordenamento desses cartões, para que a população seja melhor atendida. Essa situação foi identificada e entendemos que Barreiras é a cidade polo da região Oeste. Isso (o atendimento médico) é um direito e uma defesa do paciente que necessita de tratamento. Cada um busca a sua melhoria, entendo a situação do paciente. O nosso gestor está fazendo a sua parte, que é defender os munícipes barreirenses”, disse Dra. Graça.

Todos os parlamentares concordaram que se trata de uma prática já conhecida, e que isso ocorre também de maneira inversa, citando por exemplo o fato de muitos moradores da própria cidade de Barreiras, buscam atendimento médico em Brasília ou Salvador. Ao Mural do Oeste, o prefeito de Barreiras, Zito Barbosa afirmou ter descoberto a causa para que os investimentos da gestão municipal não fossem percebidos pela população, ao que parece, apesar dos novos dados, não se trata de uma nova prática.

A Câmara de Vereadores de Barreiras deve convocar em breve o Secretário de Saúde de Barreiras, Anderson Vian, para falar a respeito do que ocorre na saúde pública da capital do Oeste.

  • Compartilhe:

Publicidade