BARREIRAS: SAULO PEDROSA E BALTAZARINO FORAM VÍTIMAS DE FAKE NEWS

23 de out de 2018

Roberto de Sena

Mural do Oeste

 

As denúncias sobre as chamadas FAKE NEWS (Notícias Falsas) esquentam o debate a pouco dias do segundo turno das eleições para escolha do novo presidente do Brasil. Os candidatos Fernando Haddad e Jair Bolsonaro fazem acusações um contra o outro, sobre o polêmico assunto.

Se quisessem, poderiam mandar assessores em Barreiras, pois aqui eles teriam farto material para pesquisar. As  Fake News aqui nunca foram novidade.

Para se ter uma ideia, no século passado, o então prefeito Baltazarino Andrade, foi uma das maiores vítimas das faks news daquela época. Baltazarino era muito forte na Vila dos Funcionários e a oposição buscava uma forma de queimar a imagem dele junto a colônia cearense. Ninguém sabe como, surgiu um boato de que Baltazarino havia dito em um discurso, que o voto dos cearenses ele comprava com banana. Foi um desmantelo. Por todo canto só se falava nisso. O pessoal da Vila dos Funcionários, ficou enfurecido e prometeu não votar mais em Baltazarino. Os aliados do prefeito correram para desfazer a fofoca, juraram que era mentira, que ele jamais diria um negócio desses, mas, não adiantou nada. O povo ouvia, sacudia a cabeça e resmungava: “Quem me contou foi gente séria que tava lá e ouviu tudo, ouviu da boca dele, ele disse mesmo. É garantido que disse. Ora se disse! Arre égua como é que Baltazarino esculhamba com a gente desse jeito? Aqui ninguém mais vota nele!””.

A história foi tão bem tramada que até hoje, mais de 40 anos depois, muita gente ainda se lembra deste bafafá e continua dizendo que “foi verdade”.

Outra fake news famosa em Barreiras atingiu em cheio o então prefeito Saulo Pedrosa que tá ai vivo e são para não me deixar mentir. Saulo vinha forte para vencer uma das eleições que disputou, quando, de forma misteriosa, surgiu um boato de que ele teria dito que, no bairro Santa Luzia, tinha muitos ladrões de botijão.

Pense num trovejo! Foi um Deus nos acuda. O povo da Santa Luzia se revoltou de tal forma que o bairro inteiro votou contra Saulo e ele perdeu a eleição daquele ano.

Saulo tentou de todas as formas desfazer a fake news e, já naquele tempo, sem internet, sem nada, era impossível desmentir uma notícia falsa. Semana passada eu  estive na Santa Luzia e fiquei surpreso ao constatar que ainda tem gente jurando que Saulo disse aquilo mesmo.  Fake News é problema.

Ou você mata no nascedouro ou então, babau.

 

 

  • Compartilhe:

Publicidade