BARREIRAS: RESIDENCIAL BOA SORTE PEDE SOCORRO

06 de mar de 2018

 

 

Problemas na pavimentação, iluminação, centros comunitários, apartamentos em ruínas, falta de transporte escolar, levaram os moradores do Residencial Boa Sorte a procura do vereador Dr. José Barbosa (PSC) em busca de ajuda para chamar a responsabilidade da prefeitura e Caixa Econômica Federal.

Segundo Dr. José Barbosa, após ser procurado pela comunidade, foi imediatamente oficializado aos órgãos responsáveis a situação, além do uso da tribuna nas sessões legislativas solicitando medidas urgentes. “No documento nós requeremos um posicionamento oficial tanto da Prefeitura quanto da Superintendência Regional da Caixa sobre o que será feito para sanar os problemas. Entendemos que os dois órgãos são corresponsáveis. Se preciso for iremos a outras instâncias”, afirma o vereador.

A dona de casa Silvânia Gomes revela que o caos no residencial está tão grande que já presenciou tráfico de drogas e assaltos. “O abandono do Boa Sorte chegou a um ponto que não temos mais tranquilidade. Inclusive, estamos sofrendo com a falta de segurança. O mato se tornou esconderijo de bandidos que assaltam e vendem drogas, e, se continuar com essas ruas esburacadas o coletivo não poderá mais trafegar aqui dentro”, disse.

A moradora Vilma Sampaio também cita outros problemas, e, que já acionou a Prefeitura por diversas vezes. “Desde o ano passado pedimos ajuda para as secretarias de Ação Social e Educação. Nós recebemos inclusive a visita da ex-secretária Gabriela e sua equipe, mas, até agora nada foi feito. Precisamos de projetos para ocupar os jovens. Nossas crianças, não tem sequer transporte escolar. As casas são do Governo Federal, mas, a Prefeitura tem que nos dar o básico que é saúde, transporte escolar e projetos sociais. Também somos gente. Pedimos socorro”, desabafa Vilma.

 

 

 

 

Por Rosane Ferreira – ascomjosebarbosa@gmail.com

  • Compartilhe:

Publicidade