BARREIRAS: NOVOS DETALHES AUMENTAM MISTÉRIO SOBRE MORTE DE CASAL EM MOTEL

24 de nov de 2017

 

A polícia de Barreiras está tentando desvendar o que teria acontecido no quarto número 15 do Motel Chateur, onde um casal foi encontrado morto nesta quinta-feira, 23 de novembro por volta das 19 horas. O Departamento de Polícia Técnica, a Polícia Civil através da divisão de homicídios, tendo como titular a delegada Marineide Pires trabalha intensamente para elucidar o mistério que paira sobre o caso. O casal encontrado morto já foi identificado. Trata-se de Kaelma de Souza, de, 21 anos, natural de Barreiras – BA, residente na Rua das Mangueiras, bairro  Ribeirão e Isac dos Santos Oliveira,  27 anos, que, segundo informações ainda não confirmadas, seria morador em São Desidério.  A cada momento novos detalhes aumentam o mistério sobre as duas mortes. Um sangramento encontrado nas narinas e na parte de trás da cabeça de Isac  surge como novo desafio para elucidação do caso. Ele tinha também uma fita com lacre plastico no pescoço. A mulher estava caída sobre a cama, de barriga  para cima, e também tinha um lacre em volta do pescoço.

O dono do Motel, Jerônimo Mascarenhas Lima, confirmou a existência de  câmeras de video no local, e assegurou que além do casal, nenhuma pessoa entrou no quarto onde a tragédia aconteceu. Ele confirmou também que ambos chegaram aproximadamente às 09 horas, pediram bebidas alcoólicas por volta das 13 horas, e mais ou menos às 18 horas, estranhou a falta de movimentação no local, motivo pelo qual, resolveu solicitar apoio à Polícia Militar. O TEN/PM Evandro Santana bateu na porta do quarto e não obteve respostas, entretanto, resolveu adentrar ao recinto, encontrando o casal, sem sinais de vida.

O SAMU foi acionado, sendo que chegou a iniciar procedimentos de reanimação no corpo da mulher, conforme relatos, mas constatou o óbito imediatamente. Quando a Polícia Civil chegou ao local, o Tem PM EVANDRO já possuía a qualificação do homem e da mulher, tendo obtido tais informações por meio dos telefones celulares das vítimas.

O Delegado Responsável pelas primeiras providências, Élio Barbosa Costa Filho expediu guias para realização de exames de necropsia e encaminhou o procedimento ao Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa para continuar o trabalho de investigação que o caso requer.

De acordo com o perito criminal Mauro Medeiros, o quarto continua isolado para novos exames. Observou que imagens de câmeras de vídeo-monitoramento do motel serão analisadas. Ele não definiu o tempo para finalização do laudo pericial, que será encaminhado ao DHPP.

 

Mural do Oeste com informações do Alô AlÔ Salomão

  • Compartilhe:

Publicidade