BARREIRAS: TRÊS PMs E DOIS EMPRESÁRIOS SUSPEITOS DE PARTICIPAÇÃO NA MORTE DE PAULO GRENDENE

21 de jul de 2021

Foto: Divulgação / Polícia Civil
De acordo com matéria veiculada pelo site Bahia Notícias os cinco acusados presos (ver aqui) na manhã desta quarta-feira (21) em Barreiras, no Extremo Oeste, são três policiais e dois empresários. Os policiais estavam no carro e partiu deles o tiro que alvejou e matou o empresário Paulo Grendene, no dia 12 de junho passado (lembre aqui), conforme apuração.

 

Os empresários não estavam no veículo, mas são suspeitos de encomendar o homicídio. Há a suspeita de que os cinco presos – os três PMs e os dois empresários – também tenham participado de outros crimes semelhantes ao que vitimou Paulo Grendene, e associado à posse de terras no Oeste baiano.

 

Os suspeitos tiveram os mandados de prisão cumpridos dentro da Operação Bandeirantes que efetuou também mandados de busca e apreensão comandados pelo Departamento de Polícia do Interior (Depin).

 

Na Operação  Bandeirantes, os policiais também apreenderam oito armas , três carros e um moto, usados para homicídios, além de porções de maconha e inúmeras munições.  Dois dos cinco alvos de prisão também  foram autuados em flagrante  por posse ilegal de arma de fogo. (Atualizado às 8h52)

  • Compartilhe:

Publicidade