BARREIRAS: MORRE RICARDO BONATTO, UM AMIGO, UM GRANDE PROFISSIONAL

15 de fev de 2021

 

Faleceu na manhã de hoje, 15, Ricardo Alexandre Bonatto, 45 anos, após sofrer um AVC Hemorrágico em sua residência, em Barreiras, Oeste da Bahia. Natural de Lagoa Vermelha, Rio Grande do Sul, veio ainda criança para Barreiras juntamente com seus pais Lino e Vera (ambos in memoriam), e o irmão mais novo.

Ricardo começou sua vida profissional no Jornal Nova Fronteira no ano de 1990, como office boy. Posteriormente, devido sua ampla criatividade, aprendeu rápido e passou a fazer parte da equipe de diagramação do periódico. Já em 1994, o jovem, então com 19 anos, resolveu bater asas e alçar voos mais altos.

Passou a ser referência em editoração eletrônica no Oeste da Bahia e teve como clientes revistas e jornais de Barreiras e Luís Eduardo Magalhães, além da prestação de serviços no setor de criação de artes e logomarcas em várias empresas da região e também fora das fronteiras do Oeste da Bahia. Ela deixa uma filha de nome Glenda e uma neta com menos de um mês de idade.

Jornal Nova Fronteira

NOTA DO MURAL DO OESTE

Ricardo era meu amigo, editou o meu livro de poesias chamado QUASE POESIA e ainda escreveu um belo texto na orelha do livro. Trabalhou no nosso extinto jornal Folha do Vale, onde era artefinalista e também dava grandes ideias para matérias. Um profissional sério, competente e bem humorado. Não foram poucas as vezes que ele nos fez dar boas risadas com suas sacadas filosóficas. Conversamos muito sobre a mídia de Barreiras, a literatura e a vida de forma geral. Um amigo, um companheiro que vai deixar muita saudades em nossos corações. Vá em paz meu amigo e que Deus console os seus familiares neste momento de grande dor.

Roberto de Sena

  • Compartilhe:

Publicidade