BARREIRAS: CÂMARA MUNICIPAL HOMENAGEIA MEMÓRIA DO MAESTRO NETO COITÉ

18 de fev de 2021

Reportagem do Mural do Oeste

Na sessão desta quarta-feira, 18, a Câmara Municipal de Barreiras homenageou a memória do maestro angicalense Neto Coité, que faleceu na madrugada do último dia 07 de fevereiro. Estavam presentes além dos vereadores de Barreiras, o ex-prefeito de Angical Paulo Henrique, vereadores de outros municípios, secretários municipais de Barreiras e de Angical e diversas outras autoridades. O presidente da Casa, Otoniel Teixeira, disse que a história do maestro Neto se confunde com a história da música, pois ele se dedicou em quase toda a sua existência a esta atividade. Lembrou ainda que ele ensinou o ofício a diversas crianças, jovens e adultos, muitas vezes de forma gratuita e por amor a música.

O vereador Dr. Sileno, autor da proposta da sessão em homenagem ao maestro ressaltou que Neto Coité era um homem de coração imenso, cheio de amor e melodia e tinha o sonho de povoar o Oeste Baiano com sua sabedoria musical.

A senhora Dinea Coité, tia do maestro, afirmou que a homenagem era uma forma de confortar toda a família por essa grande perda e agradeceu aos vereadores e a todos que manifestaram solidariedade neste momento de dor e saudade.

Um dos discursos mais marcantes foi o da vereadora Carmélia da Mata. Ela chorou do início ao fim da sua fala ao relembrar o maestro com quem tinha grande amizade. “Ele tocou no centenário do meu pai, compôs um dobrado especial para o meu pai. Foi a última vez que estivemos juntos.” Carmélia disse ser uma angicalense com muito orgulho e que sempre defenderá suas raízes. Sua fala foi muito aplaudida pela plateia.

A vereadora Ivete Ricardi também falou sobre o maestro e desejou todo conforto a família. O vereador João Felipe também discursou homenageando o maestro. A vereadora Teteia Chaves disse ser muito importante valorizar os representantes da cultura de nossa região e disse que o maestro Neto merece ficar no coração do povo do Oeste Baiano.

BIOGRAFIA

O maestro Neto Coité foi músico da banda do 4º Batalhão de Engenharia e Construção, fundou na cidade de Barra, com apoio do Bispo Diocesano Dom Frei Luís, a Filarmônica Deolino Lima. Na cidade de São Desidério, contribuiu para a fundação da Filarmônica Municipal Maestro Helidoro Alves Ribeiro. Habilitado na Ordem dos Músicos do Brasil, Neto Coité foi o primeiro maestro a comandar a Banda 26 de Maio, patrimônio cultural e imaterial do município de Barreiras.

O maestro Durvalmerindo José Pereira Coité, conhecido como maestro Neto Coité, era neto de outro ícone da música da região. O saudoso maestro Mureco, que formou toda uma geração de músicos em Angical e em todo o Oeste Baiano. Ficam a saudade e o reconhecimento pelo trabalho realizado pelo maestro Neto.

  • Compartilhe:

Publicidade