BAHIA: ESTADO VAI OBSERVAR DADOS DA COVID-19 POR MAIS UMA SEMANA PARA DECIDIR SOBRE AULAS PRESENCIAIS

06 de jul de 2021

por Mari Leal

Estado vai observar dados da Covid-19 por mais uma semana para decidir sobre aulas presenciais

Foto: Reprodução/Papo Correria

Durante o programa online Papo Correria nesta terça-feira (6), o governador Rui Costa voltou a afirmar a possibilidade de retorno às atividades escolares presenciais na Bahia já na segunda quinzena de julho. O governador apresentou dados da pandemia, demonstrando queda nos índices de novos casos e de internação.

De acordo com o gestor, a equipe permanecerá observando os números ainda esta semana para que haja a decisão quanto a retomada. O governador chegou a mostrar gráficos com dados do pós-São João, de acordo com os quais as aglomerações do período interromperam a tendência de queda. No entanto, até o momento, não há evidência de alta.

“Vamos observar por mais uns dias, mais um final de semana. Eu estou tomando uma medida de prudência. Eu disse que iria aguardar por 10 15 dias. Por enquanto, o efeito que está demonstrando é de estabilidade, mas vamos observar até o próximo final de semana. Se as taxas continuarem caindo é sinal que o impacto não foi suficiente para causar aumento. Temos que ter clareza que muitos jovens e adolescentes estão vulneráveis por mais de um ano sem aulas. É urgente. Precisamos fazer uma força tarefa para supera esse atraso”, enfatizou o governador.

“Nós vamos garantir a distância mínima de um para o outro, por isso, só vamos permitir metade das turmas”, acrescentou o governador. O rodízio elaborado pelo Estado prevê três dias de aulas presenciais para cada grupo, atendendo a um esquema de rodízio, concretizando o modelo híbrido.

  • Compartilhe:

Publicidade