ATOR FALA PELA PRIMEIRA VEZ APÓS CAIR DO QUINTO ANDAR DE UM PRÉDIO: “SURTO”

20 de nov de 2018

Vitor Morosini salienta o apoio que recebeu da mãe e diz ter nascido de novo

Vitor Morosini conversou com a imprensa pela primeira vez desde que caiu do 5º andar de um prédio no último mês de agosto. Em conversa com a revista QUEM, o ator que está no ar na reprise de Belíssima expôs o seu vício em maconha.

“Acabei tendo um surto persecutório, que é a mania de perseguição por causa do uso da droga. Pulei do quinto andar e o fio elétrico estava desativado. Caí e o fio me amorteceu. O fio foi a mão de Deus… Caí em pé, de olho fechado e tive diversas fraturas. Passei por 5 cirurgias e coloquei placas no braço, nos pés e no fêmur. Agradeço muito a Deus por estar vivo, nasci de novo. Foi um milagre!”, disse ele.

Ao ser liberado do hospital Vitor foi internado para tratar o vício e também falou sobre essa experiência. “Foi a minha sexta internação e, dessa vez, eu vi que não dá mais para mim. Estou tendo tratamento psiquiátrico e assim que saí do surto, foi diagnosticado que a maconha me causa o quadro de bipolaridade. Não posso usá-la de jeito nenhum!”, afirmou ele, contando que o vício começou na adolescência. “Usei maconha pela primeira vez com 15 anos com amigos, em Vinhedo, onde moro atualmente com minha mãe (Maria Inez Avila), e acabei entrando nessa vida. Sempre usei só a maconha, cheirei cocaína cinco vezes apenas, mas não me viciei. E álcool eu só bebi poucas vezes”.

Hoje o ator salienta o apoio que recebeu da mãe e diz ter nascido de novo. Não tenho dúvidas de que o que aconteceu foi uma segunda chance que Deus me deu. Agora tenho duas datas de nascimento: 19 de junho e 23 de agosto. Quando caí, em nenhum momento perdi minha consciência. Ao mesmo tempo que gritava de muita dor, eu pensava: ‘graças a Deus estou vivo!'”, comemora Vitor.

 

MURAL DO OESTE /  Com Notícias ao Minuto

  • Compartilhe:

Publicidade