“AS REGRAS DO JOGO DEVEM SER RESPEITADAS”, DIZ ROSA WEBER

22 de out de 2018

Ministra rebateu as acusações de fraude nas urnas e criticou a propagação de fake news por meio da internet

A ministra Rosa Weber, presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), criticou duramente o compartilhamento de notícias falsas pelas redes sociais, neste domingo (21). A Corte realiza uma coletiva de imprensa para tratar do assunto. Rosa disse que o primeiro turno das eleições “ocorreu dentro da normalidade”.
Rosa afirmou que o sistema de votação é seguro e que não se pode colocar em dúvida o resultado do pleito. “Nestas eleições haverá vencedores e vencidos. As regras do jogo devem ser respeitadas. A Justiça Eleitoral não tem partido”, disse.
A magistrada afirmou que nenhuma das suspeitas de fraude levantadas pela internet eram verdadeiras e que é necessário tempo para apurar as alegações que correm pelas redes sociais. “A Justiça Eleitoral não combate boatos com boatos. Com bate com processos, fundamentados e respeitando os trâmites judiciais”, completou.
Sobre um vídeo que circula nas redes sociais, em que o filho do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), Eduardo Bolsonaro, disse que basta “um soldado e um cabo” para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF), a ministra Rosa Weber, também membra da Suprema Corte, disse que tomou conhecimento da gravação.  “O vídeo foi desautorizado pelo candidato. No Brasil as instituições estão funcionando normalmente. E juiz algum que honra a toga se deixa abalar por qualquer manifestação que pode ser compreendida como inadequada”, disse.
Renato Souza / Correio Brasiliense
  • Compartilhe:

Publicidade