APÓS PRP REJEITAR ALIANÇA, GENERAL HELENO NÃO SERÁ VICE DE BOLSONARO

18 de jul de 2018

 

O general reformado Augusto Heleno declinou do convite e não será vice de Jair Bolsonaro (PSL), pré-candidato à Presidência da República. De acordo com o jornal Folha de S. Paulo, o partido dele, o PRP, disse que não é de interesse da sigla ocupar a vice do PSL. Na terça-feira (17), Bolsonaro chegou a dizer que tinha tendência a anunciar o nome de Heleno para o posto.

“Entendi o argumento (do partido) porque depende de deputados federais. O vice não acrescenta tempo de TV. Essa candidatura não é atraente para os diretórios estaduais do partido”, explicou Heleno à publicação. O general disse que seu apoio à candidatura de Bolsonaro continuará. “Não me afetou em nada. Continuo trabalhando”, afirmou, explicando que contribuirá com programa de governo.

Com a recusa do PRP, Bolsonaro terá até o domingo (22), dia da sua convenção, para buscar novo nome para sua vice. Na noite de terça (17), o presidente do partido, Gustavo Bebbiano, disse que, além de Heleno, são cotados para vice o presidente licenciado do PSL, Luciano Bivar, e a advogada Janaina Paschoal, uma das autoras do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff.

 

Via: Bahia Notícias

  • Compartilhe:

Publicidade