APÓS PRESSÃO DA MATRIZ, HEINEKEN VAI SUBIR PREÇO DA CERVEJA NO BRASIL

31 de ago de 2020

Os amantes da cerveja Heineken podem preparar o bolso. Por pressão da matriz holandesa, a cervejaria no Brasil vai aumentar o preço da principal bebida em circulação no mercado em 5%, em média.

Segundo a coluna “Radar Econômico”, da revista “Veja”, nem mesmo o aumento do consumo de bebidas alcoólicas durante a pandemia do coronavírus (Covid-19) freou o reajuste. A Heineken N.V. registrou resultados ruins no segundo trimestre, o que elevou a pressão sobre principais mercados da empresa, que precisaram responder rapidamente com elevação do preço dos produtos.

A partir desta terça-feira (1º), a cervejaria venderá a Heineken com reajuste de 5% em média. Caberá a distribuidores e vendedores do produto decidir se repassarão o aumento ao consumidor final.

  • Compartilhe:

Publicidade