ALIADOS DE LULA E ALCKMIN VEEM ALIANÇA PAVIMENTADA MESMO COM DESGASTES
16 de janeiro de 2022

Foto: Ricardo Stuckert

Aliados do ex-presidente Lula (PT) e do ex-governador Geraldo Alckmin (sem partido) avaliam que a construção da chapa conjunta está pavimentada e que a união demonstrou, nos últimos dias, resistir a desafios de ordem programática e partidária.
Mesmo com as linhas gerais do plano econômico de Lula divulgadas na Folha em um artigo do ex-ministro Guido Mantega e a ampliação do debate no PT sobre a revogação da reforma trabalhista, interlocutores de Alckmin afirmam que diferenças pontuais nas propostas do petista e do ex-tucano não serão entraves para a aliança.
A leitura de quem acompanha as conversas entre Lula e Alckmin é a de que ambos querem fazer a chapa acontecer e, para isso, estão dispostos a superar diferenças –a união pode ser anunciada em fevereiro.
O ex-governador abandonou os movimentos para disputar novamente o Palácio dos Bandeirantes e se concentrou em debater o país.
Lula, por sua vez, não viu mais surgirem especulações de nomes de vices depois que o de Alckmin entrou na roda. Petistas afirmam que, na opinião do ex-presidente, o jantar que os reuniu publicamente demonstrou que as resistências no partido e na opinião pública foram menores que o esperado.
No entanto, a chapa encontra opositores no PT e no PSDB. Tucanos que contavam com Alckmin em São Paulo para fazer frente ao PSDB do presidenciável João Doria e do seu candidato no estado, Rodrigo Garcia, demonstram decepção e não descartam que o ex-governador volte atrás na escolha por Lula.
Embora a velha guarda tucana admita que o PSDB raiz que defendem já foi próximo do PT, lembrando a boa relação entre Lula e FHC nos anos 1970 e 1980, o entendimento é o de que o petista se deixou corromper no poder e que Alckmin não pode se associar a isso. As diferenças programáticas seriam superáveis; as éticas, não.
Entre as divergências no plano de governo, a ideia de rever a reforma trabalhista, discutida por Lula em reunião com sindicalistas e economistas na terça-feira (11), foi tema de café da manhã entre Alckmin e o presidente do Solidariedade, deputado Paulinho da Força (SP), no dia anterior.
Paulinho, que é contrário à revogação da reforma, afirmou à Folha que Alckmin demonstrou haver preocupação do mercado com essa iniciativa.
Mais tarde, petistas e alckmistas passaram a divulgar que o ex-governador, na verdade, demonstrou interesse em estudar o tema e entendia a proposta de Lula não como algo radical, mas como uma iniciativa de diálogo entre as partes para melhorar a legislação.
Como mostrou a Folha, membros da cúpula do PT fizeram chegar a Alckmin explicações sobre a proposta. A missão teria apaziguado eventuais estranhamentos do ex-governador em relação ao que sugere o ex-presidente quando fala em imitar o exemplo da Espanha, que revogou a reforma trabalhista.
A postura de Alckmin, contudo, irritou parte dos membros do PT, já que a reversão das mudanças é pauta do partido praticamente desde que a medida foi aprovada no governo Michel Temer (MDB).
A conversa com Paulinho, registrada em foto e divulgada nas redes, sinalizou ainda que embaraços de ordem partidária à formação da aliança também tendem a ser solucionados. No encontro, o deputado reforçou o convite para que Alckmin se filie ao Solidariedade e componha a chapa com Lula. O ex-tucano ainda não deu resposta.
O plano original é o de que Alckmin se filie ao PSB, partido que forneceria a Lula a vice-presidência e que formaria uma federação ou aliança com o PT. Em troca, os petistas abririam mão de candidaturas próprias e apoiariam os pessebistas em cinco estados: RJ, ES, RS, PE e SP.
A questão paulista, no entanto, travou a negociação. O PT não abre mão de lançar o ex-prefeito Fernando Haddad (PT), que aparece à frente do ex-governador Márcio França (PSB) nas pesquisas. O partido argumenta ainda que São Paulo é um estado chave, berço do petismo, e que há chance real de vitória.
Do lado do PT, a expectativa é a de que França ocupe outra vaga na chapa, mas também existe o reconhecimento de que ele tem direito de concorrer –num cenário em que Haddad e o ex-governador se enfrentariam nas urnas.
Já o PSB tampouco está disposto a abrir mão da candidatura de França, que abriu diálogo com o PDT de Ciro Gomes –o ex-governador esteve com o presidente da sigla, Carlos Lupi, neste ano. Sem nome próprio para a Presidência, o partido estaria entre apoiar Ciro ou Lula.
Petistas entendem que o PSB, ao usar Alckmin como moeda de troca na questão paulista, negocia um ativo que não possui. Primeiro porque ele não está filiado ao PSB. Segundo porque Alckmin já demonstrou que quer ser vice de Lula em qualquer partido e que seu projeto não está atrelado ao de França –algo com que alckmistas concordam.
A vantagem de Alckmin no PSB seria agregar à campanha de Lula um partido grande –maior do que o Solidariedade ou o PV, que são outras opções. Mas há entre petistas e membros da terceira via quem aposte que Gilberto Kassab, presidente do PSD, poderia ser vice do Lula, o que supriria essa demanda por uma sigla de peso na coligação.
Kassab, porém, afirma que seu partido lançará a candidatura do senador Rodrigo Pacheco (PSD) à Presidência. E petistas esperam que, de uma forma ou de outra, o PSB se junte ao PT, já que Ciro estacionou nas pesquisas.
O entorno de Alckmin acredita que há tempo para que esse imbróglio partidário se resolva. Em outra frente, tampouco as propostas à esquerda no programa do PT seriam obstáculo intransponível.
Petistas e alckmistas lembram conceitos defendidos tanto por Lula como pelo PSDB raiz, como responsabilidade fiscal, desenvolvimento social e defesa de uma política tributária mais justa.
Além disso, aliados de Alckmin esperam que o programa de governo não seja imposto, mas discutido –já que o ex-governador seria um vice não decorativo.
Outro ponto mencionado é o de que Alckmin retomou sua agenda pública no ano passado, após terminar a eleição presidencial de 2018 com menos de 5% dos votos, comparecendo a encontros e reuniões de sindicatos e centrais. Desde então, adotou como tema principal a questão do emprego e da renda, além da superação da crise econômica.
Deputados do PT admitem que a escolha por Alckmin pode cair mal entre eleitores ligados à segurança pública, à educação e aos direitos humanos, mas argumentam que esses problemas são administráveis.
Os entusiastas da chapa Lula-Alckmin também já têm resposta para quem resgata atritos entre eles ou falas de um contra o outro. Interlocutores de Lula argumentam que Alckmin, no Governo de São Paulo, teve excelente relação com o então presidente petista e com o então prefeito Haddad.
Eles relembram episódios de pontes, como quando Alckmin e Haddad anunciaram juntos o recuo no aumento de R$ 0,20 no transporte, em 2013. Por outro lado, o presidente Jair Bolsonaro (PL) repetiu, na semana passada, frase de Alckmin sobre a candidatura de Lula em 2018 –a de que uma vitória petista seria uma volta à cena do crime.
Integrantes da cúpula petista dizem que, de qualquer forma, a formalização da escolha de Lula por Alckmin aplacará críticas no partido. Já no grupo político que apoia o ex-tucano em São Paulo, o clima é de insatisfação e cobrança.
O ex-governador se fragiliza ao entrar em conflito com seus companheiros históricos no PSDB e deveria rever a parceria com Lula, opinam. Esses políticos já se reuniram na semana passada em busca de alternativas no estado –como apoiar o tucano Garcia ou lançar um novo nome no PSD.
O PSD havia oferecido legenda a Alckmin para que ele disputasse o Governo de São Paulo. O ex-governador não avançou nas conversas, sinalizando a preferência pela vice.
Agora, Kassab trabalha com outros nomes da ala alckmista do PSDB como opções –os prefeitos Felicio Ramuth (São José dos Campos) e Paulo Serra (Santo André) e o ex-prefeito Paulo Alexandre Barbosa (Santos).
O senador José Aníbal (PSDB-SP), entusiasta da terceira via, diz que falta um programa consistente à chapa Lula-Alckmin. “É um acerto frágil, um acordo sem propósito claro a não ser ganhar a eleição”, diz.
Apoiadores da chapa minimizam as críticas e apostam no simbolismo de uma dupla que, para eles, aponta para um governo de conciliação, diálogo e união nacional. Para superar o bolsonarismo, argumentam, é preciso deixar diferenças pessoais e ideológicas para trás, e Lula e Alckmin teriam o desprendimento para isso.

  • Compartilhe:

Mais do Mural do Oeste

Mais do Mural do Oeste

17/05/2022 BARREIRAS: PROJETO POR UM SORRISO MAIS ALEGRE LEVA ATENDIMENTO ODONTOLÓGICO PARA A ASSOCIAÇÃO DE PAIS E AMIGOS DOS EXCEPCIONAIS – APAE Na última quarta-feira (04/05), o projeto “Por Um Sorriso Mais Alegre”, realizou atendimento odontológico na APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais, do município de Barreiras, atendendo até a sexta-feira, (06/05), com as duas unidades moveis odontológicas e suas respectivas ...
  • Compartilhe:

17/05/2022 LEM: VEREADOR FERNANDO FERNANDES E CRISTIANO REIS DISPUTAM NESTA TERÇA-FEIRA A PRESIDÊNCIA DA CÂMARA Fernando Fernandes Depois de várias especulações de quem seriam os componentes das duas chapas para concorrer à presidência da Câmara de Vereadores de LEM para o biênio 2023/2024, conhecemos no início da noite desta segunda-feira, 16, os nomes dos vereadores que compõe a chapa da oposição ...
  • Compartilhe:

16/05/2022 BARREIRAS: ESCOLA MUNICIPAL ANTÔNIO BENTO DE FREITAS IRÁ REALIZAR A QUARTA EDIÇÃO DA FESTA DA FAMÍLIA Família, reunião de pessoas com o mesmo propósito: crescer e viver com Amor. Amor é a palavra-chave para um pleno desenvolvimento do ser humano, e é na família que recebemos todo o cuidado, proteção e amor. Escola, lugar onde se ensina a ler, a escrever, as habilidades necessárias para comp ...
  • Compartilhe:

16/05/2022 BARREIRAS: ANANDA LIMA LANÇA QUINTO LIVRO NA FLIB, “2020 PARTINDO PARA ALTO MAR- UM CÂNCER E UMA PANDEMIA NA ROTA”                         O lançamento do livro da professora e escritora Ananda Lima será dia 23 de maio, às 19h, na sede da Academia Barreirense de Letras (ABL), na Festa Literária Internacional de Barreiras (FLIB). Com o tema ‘As vo ...
  • Compartilhe:

16/05/2022 ROMA GARANTE QUE IRÁ RESPEITAR RESULTADO DAS ELEIÇÕES: ‘DEFENDEMOS A DEMOCRACIA’ Pré-candidato a governador da Bahia pelo PL, o deputado federal João Roma garantiu, em entrevista à rádio Salvador FM na manhã desta segunda-feira (16), que irá reconhecer seja qual for o resultado das eleições. Segundo ele, o presidente Jair Bolsonaro (PL) “respeita a Constituição, mas ...
  • Compartilhe:

16/05/2022 OZIEL E JUSMARI TEM FIM DE SEMANA INTENSO VISITANDO VÁRIAS CIDADES DA REGIÃO     Oziel e Jusmari tiveram um fim de semana de intenso trabalho na região. Eles iniciaram a sua caminhada na sexta-feira, 13, em Bom Jesus da Lapa, onde participaram ao lado do governador Rui Costa da entrega do Colégio da Polícia Militar e em seguida se reuniramcom o vereador Leo de L ...
  • Compartilhe:

16/05/2022 CONFIRA A PREVISÃO DO TEMPO PARA TODO O NORDESTE DO PAÍS NESTA SEGUNDA-FEIRA (16)
  • Compartilhe:

16/05/2022 CONTA DE LUZ EXPLODE E DEFLAGRA DEBATE SOBRE COMO REDUZIR PREÇO   Após dois anos com medidas para segurar aumentos, os reajustes da conta de luz serão elevados em 2022. Os brasileiros vão pagar ao menos 12% mais na tarifa residencial na média do país, quase 4 pontos percentuais acima do reajuste do ano passado, que foi de 8%. O cálculo, feito pela TR ...
  • Compartilhe:

16/05/2022 BRASIL: ME DIZ QUANTOS BRASIS EXISTEM EM VOCÊ? POEMA DE RONALDO SENA     Eu queria tanto te encontrar pra te falar da nossa amizade verdade, o mundo é diferente a tecnologia, a democracia, a liberdade que um dia eu sonhava mas o mundo me agredia ditadura novamente o povo inocente na pura putaria virou gado marcado sem escrúpulo e calado Medo, medo do futu ...
  • Compartilhe:

15/05/2022 LEITORES DO MURAL DO OESTE EM BRASÍLIA   Tive a grata satisfação de encontrar com dois leitores do Mural do Oeste. Ricardo Pamplona e sua esposa Valéria. Eles moram em Brasília mas acompanham diariamente as notícias de Barreiras pelo Mural do Oeste. O nosso encontro foi num local abençoado: o tradicional Cantinho do Senhor dos ...
  • Compartilhe:

15/05/2022 BARREIRAS: FESTA LITERÁRIA E INAUGURAÇÃO DA SEDE DA ABL MOVIMENTAM A CULTURA DA CIDADE     Lançada no governo de Antônio Henrique, a Festa Literária de Barreiras, tendo como idealizadores, os professores Adalto Soares e Márcia Rasia, no ano de 2016, quando aconteceu a primeira edição, chega agora a sua quinta edição com previsão de lançamento de mais de 25 livros d ...
  • Compartilhe:

15/05/2022 ORFÃOS DA TERCEIRA VIA JÁ DISCUTEM OUTRAS OPÇÕES ENTRE LULA E BOLSONARO por Joelmir Tavares | Folhapress O esfarelamento da chamada terceira via, com a dificuldade da construção de uma candidatura unitária e os resultados decepcionantes nas pesquisas, abriu espaço para discussões sobre uma escolha entre Luiz Inácio Lula da Silva (PT), que hoje lidera a corrida ...
  • Compartilhe:

15/05/2022 BUXIXOS POLITICOS DEVEM VOLTAR FORTES EM BARREIRAS E LEM A PARTIR DESTA SEGUNDA-FEIRA Os buxixos políticos deverão voltar com toda força a partir desta segunda-feira em Barreiras e Luís Eduardo Magalhães. Em Barreiras o assunto é a fidelidade de alguns vereadores ao prefeito Zito Barbosa. Em Lem a expectativa é pela eleição  da  mesa diretora da Câmara Municipal. Vamos ag ...
  • Compartilhe:

14/05/2022 SARGENTO É PRESO POR ROUBAR E CHEFIAR QUADRILHA. ENCONTRADOS 828 MIL REAIS.   Do Correio24horas. Um sargento da Polícia Militar foi preso junto com sua esposa, seu filho, seus irmãos e sua amante pela Polícia Civil no oeste da Bahia nesta sexta-feira (13). Os presos, que foram capturados nas cidades de Barreiras, Bom Jesus da Lapa e Santa Maria da Vitória, formavam ...
  • Compartilhe:

14/05/2022 BARREIRAS: PRIMEIRO CAFÉ COM PARCEIROS DA BCS SANTA LUZIA               Nesta sexta-feira, 13, aconteceu um café da manhã com os parceiros da BCS/Santa Luzia, na cidade de Barreiras. Na oportunidade, comerciantes locais, agricultores, entidades e autoridades da cidade de Barreiras foram convidados a conhecerem a Base Co ...
  • Compartilhe:

14/05/2022 TESTE COM HACKER NÃO ENCONTRA VULNERABILIDADE NO SISTEMA ELEITORAL, DIZ TSE     O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) informou nesta sexta-feira (13) que os testes do sistema de votação feitos durante a semana, incluindo simulações de ataques hackers, não encontraram falhas que possam atrapalhar o pleito deste ano.   Desde quarta-feira (11), grupos de inve ...
  • Compartilhe:

14/05/2022 OZIEL E JUSMARI SÃO RECEBIDOS COM MUITO CARINHO PELO POVO DE SITIO DO MATO O que se viu na passagem de Oziel e Jusmari por Sítio do Mato é o que vem ocorrendo em todas as cidades que eles visitam. Deste vez eles foram participar de autorização de obras e celebração de convênios do Governo da Bahia com o Município e tiveram uma recepção calorosa por parte do públ ...
  • Compartilhe:

13/05/2022 POLÍCIA CIVIL RECUPERA DEFENSIVOS AGRÍCOLAS ROUBADOS EM FAZENDA NO MUNICÍPIO DE BARREIRAS     Na madrugada do último domingo, 8, uma quadrilha composta por aproximadamente 10 homens fortemente armados, invadiram uma fazenda localizada na estrada do Café, município de Barreiras, sendo subtraído um veículo Volkswagen/Gol na cor preta, equipamentos de oficina mecânica, maqui ...
  • Compartilhe:

13/05/2022 PERDA COGNITIVA PÓS-COVID É SIMILAR A 20 ANOS DE ENVELHECIMENTO, SUGERE ESTUDO     Diversos estudos já mostraram como a Covid pode ser uma doença com efeitos em todo o corpo, não só respiratórios. Entre as partes do organismo que podem ser afetadas pelo coronavírus Sars-CoV-2 está o sistema nervoso, com danos já bem conhecidos. Efeitos neurológicos pós-Covi ...
  • Compartilhe:

13/05/2022 FORMOSA DO RIO PRETO: OBRAS ONDE CRIANÇAS MORRERAM É INTERDITADA EM VILA DOS COREANOS   Foto: Divulgação / PM-BA A obra em Formosa do Rio Preto, no Extremo Oeste baiano, onde cinco crianças morreram foi embargada. A informação foi divulgada nesta sexta-feira (13) pelo Ministério Público do Trabalho da Bahia (MPT-BA). Com a interdição, os responsáveis pela obra ficam pr ...
  • Compartilhe:

Publicidade

Publicidade