ACIDENTE ENVOLVENDO FAMÍLIA QUE ESTAVA DESAPARECIDA NÃO TEM SOBREVIVENTES. CORPOS ESTAVAM NO INTERIOR DO CARRO

18 de jan de 2021

De acordo com informações das equipes de buscas, a família que estava desaparecida e que mobilizou a região, foi encontrada morta dento do carro em que viajavam em direção ao Ceará. O veículo caiu em uma ribanceira há 22 quilômetros de Formosa do Rio Preto, na divisa com o Piaui. José Cleves de Araujo, sua namorada, Thatielle Cardoso Aires; e sua filha Geovanna Pimentel Araujo não sobreviveram ao grave acidente. A família havia saído de Sobradinho, no Distrito Federal, na madrugada da última terça-feira, 12 de janeiro e se dirigia para a Sobral, no Ceará. O carro, um Honda Civic, foi identificado passando por Luís Eduardo Magalhães e por Barreiras e dai por diante sumiu misteriosamente. Os familiares das vítimas desesperados fizeram contato com a região Oeste em busca de informações. Formou-se uma corrente de solidariedade na tentativa de encontrar as três pessoas desaparecidas. Infelizmente, na tarde desta segunda-feira, 18 de janeiro, o carro com os corpos foi localizado por uma força tarefa composta por militares e por cidadãos comuns. Ainda não se sabe o que provocou o acidente uma vez que não há marcas de tentativa de frear o carro e nem marcas fortes no mato em volta da pista. O que se sabe é que o veículo perdeu o controle, saiu da pista e foi tombando até o fundo da ribanceira. A morte da família provocou grande consternação em Barreiras, Luís Eduardo Magalhães, Brasília, no Ceará e em toda a região Oeste da Bahia. O Mural do Oeste se solidariza com os familiares e amigos das vítimas neste momento de dor e tristeza.

  • Compartilhe:

Publicidade