ABRAÇANDO PELA FÉ, POEMA DE RAIMUNDO CORADO

30 de mar de 2021

 

Ela é bela por excelência,
Traz o belo em sua essência,
É cortês, afável, aconchegante e acolhedora,

É o berço que nos agasalha,
É o ferro cuja tempera não falha,
Tem uma Santa como nossa intercessora.

Rica só pela sua existência,
Teus valores a torna uma Excelência,
E tu, sabiamente a todos sabe acomodar,

É zeloso com os filhos teus,
E intercede por todos junto a Deus,
Trazendo graças e as luzes a irradiar.

Aos natos, sempre a assistir
E aqueles que vieram cá residir,
Trata como filhos de forma igualitária.

Tens grandes valores culturais,
Escritores, poetas, e artistas musicais,
Tens uma Academia de Letras na esfera literária.

Eu sei que você tenta,
Suplantando ao que aparenta,
Fazer reverberar o potencial dos escritores.

Por tudo agradeçamos,
Parabéns pelos cento e oitenta e um anos,
Unidos, formamos a corrente dos teus defensores.

Em nome da Academia de Letras,
Esperançosos em realizações extras,
Prejudicadas pelos estragos da Pandemia.

Unidos para cantar os parabéns,
Pouco ou nada importa a idade que tens,
Cidade de Santa Rita, ser teu filho é honraria.

  • Compartilhe:

Publicidade