WAGNER DEVE IR PARA MINISTÉRIO EM GOVERNO DE HADDAD

09 de out de 2018

Wagner e Gabrielli devem assumir posições de poder num eventual governo Haddad, como já aconteceu no passado

Escolhido como uma espécie de articulador informal do candidato Fernando Haddad, o senador eleito Jaques Wagner (PT) ficou encarregado de convencer o ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) a não apenas declarar apoio ao petista como fechar uma aliança com ele que pode resultar, inclusive, em participação num futuro ministério do ex-prefeito de São Paulo. Aliás, o próprio Wagner já é cotado para um ministério num eventual governo de Fernando Haddad. Além dele, outro que tem vaga garantida num casual governo do petista é José Sérgio Gabrielli, atual coordenador de campanha de Haddad, que, segundo comentários entre petistas, pode ser indicado presidente da Petrobras, cargo que ocupou em governos petistas anteriores.

 

 

Via: Raio Laser, Tribuna da Bahia

  • Compartilhe:

Publicidade