RUI DEFENDE QUE PT CONSIDERE APOIAR OUTRO PARTIDO EM ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS DESTE ANO, SE NÃO HOUVER ‘NOME NATURAL’

14 de mar de 2018

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

O governador Rui Costa afirma que o seu partido, o PT, deve virar a página do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff. Em entrevista ao portal Uol, o petista baiano também defendeu que o partido precisa passar a considerar o apoio a outra sigla em outubro, caso o ex-presidente Lula seja impedido judicialmente.

“Não podemos ficar nessa marra de que, se não há um nome natural do PT e se o Lula não puder ser [candidato], por que não pode ser de outro partido? Acho que pode e acho que essa discussão, se ocorrer, no momento exato, nós vamos fazer esse debate”, afirma.

O chefe do Executivo baiano também diz orar para que Lula não seja preso. No entanto, caso isso ocorre, aponta o petista, o fato pode gerar votos para o ex-presidente: “Vai aumentar ainda mais a indicação de algum nome que ele venha a apoiar, acho que aumenta a chance”.

O governador Rui Costa também acredita que Lula teria condições de unificar o país. No entanto, para essa unificação ocorrer, o PT precisaria esquecer a história do impeachment, que foi classificado pelos petistas como golpe, palavra não usada por Rui.

“Nós temos que virar a página daquele momento. Se a gente ficar remoendo o impeachment, nós não vamos nem dialogar com a sociedade”, afirma.

 

Via: BNews

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
  • Compartilhe:

Publicidade