PRODUTORES PARTICIPAM DE MOBILIZAÇÃO PARA ADESÃO AO SISTEMA DE QUALIDADE DO ALGODÃO DURANTE BAHIA FARM SHOW 2018

12 de jun de 2018

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Na última sexta-feira (8), os produtores, técnicos e profissionais ligados à produção de algodão participaram de um encontro durante a Bahia Farm Show 2018, feira agrícola realizada na última semana em Luís Eduardo Magalhães, visando a mobilização para adesão ao programa Standard Brasil HVI (SBRHVI). Esta é uma iniciativa da Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) que vem incentivando a adesão das propriedades rurais ao sistema que garante a rastreabilidade, confiabilidade e a veracidade das informações que atestam a qualidade do algodão brasileiro para o mercado consumidor.

Na oportunidade, o gestor de Qualidade da Abrapa, Edson Mizoguchi, reforçou sobre os principais procedimentos e os rigorosos padrões seguidos pelos laboratórios localizados nos estados que são auditados pelo Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA). “Embora a adesão seja espontânea, o caminho é que o mercado consumidor passe a exigir que as amostras do algodão colhido passem pela avaliação do equipamento HVI [High Volume Instruments, da sigla em inglês], e não somente pela classificação visual”, afirma.

Na Bahia, a Associação Baiana dos Produtores de Algodão (Abapa) mantém o maior laboratório da América Latina, localizado em Luís Eduardo Magalhães, com capacidade instalada para receber até 18 mil amostras de algodão por dia e entrega dos resultados em 24 horasCom o aparelho de HVI, é possível classificar e separar a fibra conforme características essenciais para o uso do setor têxtil como comprimento, resistência, uniformidade, reflectância da fibra, dentre outras.

Presente na mobilização na Bahia Farm Show e representando a diretoria executiva da Abapa, a cotonicultora Alessandra Zanotto acredita que vem crescendo, entre os produtores do oeste da Bahia, a adesão ao sistema. “É preciso olhar como um investimento, cujo retorno é garantido, principalmente diante de um mercado consumidor nacional e internacional cada vez mais exigente e que querem ter certeza da qualidade da fibra que está comprando”, explica.

Durante a abertura do encontro, o produtor e membro do conselho consultivo da Abrapa e da Abapa, João Carlos Jacobsen, acredita na participação dos produtores no projeto que somente ajuda a fortalecer a imagem da qualidade do algodão brasileiro, que se traduz em maior valorização da fibra e retorno de remuneração para o agricultor. A mobilização para adesão ao programa de qualidade do algodão, programa Standard Brasil HVI, já passou pelo Mato Grosso e prossegue para outros estados até o próximo mês de julho.

Para saber mais sobre as ações da Abapa, acesse: www.abapa.com.brwww.facebook.com/abapaalgodao ou www.instagram.com/abapa_algodao.

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
  • Compartilhe:

Publicidade