PRF INICIA OPERAÇÃO NOSSA SENHORA APARECIDA

11 de out de 2018

A PRF – Polícia Rodoviária Federal lançou à 0h desta quinta feira (11/10) a Operação Nossa Senhora Aparecida 2018 em todo território nacional, que vai até o final do dia (14/10) domingo.

As atenções da PRF vão estar voltadas principalmente para o combate à motoristas embriagados, controle de velocidade com uso de radares portáteis e as ultrapassagens em locais proibidos, bem como o transporte de crianças e abordagens de motociclistas, educação para o trânsito, entre outras.

 

Nova Abordagem – Bafômetro Passivo

A novidade da PRF nesta operação nos grandes centros, será a utilização do bafômetro passivo, aparelho que detecta a presença de álcool no interior do veículo, sem que o condutor precise soprar como é feito nos teste tradicional. Ao captar a presença de álcool no interior do veículo, o condutor deve realizar o teste tradicional, assoprando o bafômetro. Caso não seja constatada a presença de álcool, o aparelho acende uma luz verde e o motorista é liberado. Se existir algum indício, ainda que mínimo, aparece uma luz amarela. Já a luz vermelha indica que, no local, há muito álcool, o que significa que o condutor, realmente, tem que ser parado e submetido ao teste de alcoolemia pelo bafômetro tradicional. “Aqui em Barreiras, para esta operação, ainda estaremos utilizando o bafômetro tradicional. O fluxo de veículo deve aumentar consideravelmente, este é o período que turistas vindo do Centro Oeste passam por aqui, indo em direção ao Nordeste, portanto, é preciso cautela. O trabalho da PRF e reduzir o máximo o número de acidentes nas rodovias”, explicou o PRF Aleix Ferraz.

A expectativa da PRF (Salvador) é de que, na Bahia, o fluxo de veículos seja pelo menos 40% superior à média registrada em dias comuns.

 

Orientações para uma viagem segura

Respeitar os limites de velocidade, manter distância de segurança em relação aos demais veículos, ultrapassar apenas quando houver plenas condições de segurança e não desviar a atenção do trânsito. Estas são algumas das principais orientações da Polícia Rodoviária Federal para reduzir o risco de acidentes.

A PRF também orienta os usuários de rodovias, mesmo antes de viagens curtas, a fazer uma revisão preventiva do veículo, o que inclui a checagem dos pneus, do sistema de iluminação, dos equipamentos obrigatórios, do nível do óleo e do radiador, entre outros itens.

Também é fundamental planejar a viagem, buscando evitar, na medida do possível, os horários de pico. Dirigir cansado ou com sono aumenta o risco de o motorista cometer erros. A cada três ou quatro horas de viagem, é recomendável uma pausa para descanso ou revezar a direção do veículo.

Eventuais paradas no acostamento devem ser feitas apenas em caso de emergência, com pisca-alerta ligado e triângulo a pelo menos 30 metros do veículo.

O uso do cinto de segurança e da cadeirinha para crianças é imprescindível. Esses equipamentos podem fazer a diferença em caso de acidente.

  • Compartilhe:

Publicidade