MACARRÃO GANHA LIBERDADE CONDICIONAL APÓS 8 ANOS DE REGIME FECHADO

01 de nov de 2018

Sua pena havia sido de 15 anos, mas conseguiu a liberdade condicional tendo cumprido pouco mais da metade do tempo de reclusão

 

Condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, em 2010, no mesmo caso em que foi condenado a prisão o ex-goleiro Bruno, Luiz Henrique Ferreira Romão, o Macarrão, teve seu pedido de liberdade condicional aceito pela Justiça nesta quarta-feira(31).

Ele estava em regime aberto desde março deste ano, e de acordo com o portal G1, conseguiu a condicional após assinar um acordo com a Justiça, em Pará de Minas.

Sua pena havia sido de 15 anos, mas conseguiu a liberdade condicional tendo cumprido pouco mais da metade do tempo de reclusão. O responsável pela decisão foi o juiz Antônio Fortes de Pádua Neto.

Para manter o acordo, Macarrão precisa cumprir uma série de regras impostas pela Justiça. Entre as quais comprovar ocupação lícita, comparecer mensalmente em juízo para comprovar residência fixa e permanência em ocupação lícita. Ele não pode se mudar sem prévia autorização judicial, e deve estar em casa entre as 22h e as 6h.

Além disso, ele não pode frequentar bares, boates, casas de prostituição e locais de reputação considerada duvidosa pela Justiça.

MURAL DO OESTE / Com Notícias ao Minuto

  • Compartilhe:

Publicidade