JOVEM DA BASE DO BOTAFOGO MORRE AOS 15 ANOS, VÍTIMA DE CÂNCER

26 de out de 2018

Promessa da base do time alvinegro, ele vinha lutando contra a doença há cerca de um ano, mas não resistiu

 

O Botafogo amanheceu de luto nesta sexta-feira. O clube comunicou que o jovem Ryan morreu aos 15 anos, vítima de um câncer no intestino. Promessa da base do time alvinegro, ele vinha lutando contra a doença há cerca de um ano, mas não resistiu.

“Com imenso pesar e tristeza, o Botafogo de Futebol e Regatas comunica o falecimento de Ryan Santos Siqueira, o general Ryan, jovem atleta das categorias de base do Alvinegro, que infelizmente nos deixou após não resistir à luta contra o câncer. O clube lamenta e manifesta solidariedade aos familiares e aos amigos neste momento”, anunciou em comunicado oficial.

O Botafogo anunciou luto e hasteou sua bandeira a meio mastro. Ryan descobriu o câncer em outubro do ano passado, após sentir-se mal em um treino do time sub-15. Na época, ele chegou a receber visita dos jogadores do time principal e se mostrou bastante emocionado.

 

Quem também visitou Ryan ao longo de sua batalha contra o câncer foi o técnico Jair Ventura. E mesmo hoje comandando o Corinthians, o treinador se mostrou emocionado com a notícia da morte e prestou solidariedade à família.

“Queria dar recado à família de um menino, com quem eu não trabalhei, mas com quem eu convivi lá no Botafogo, o Ryan. Ele acabou falecendo hoje, de câncer, estava em uma situação muito difícil. Queria deixar meu abraço a familiares e amigos, todos que eram próximos e conviveram neste momento difícil com ele. Um beijo em toda a família”, disse antes de iniciar sua entrevista coletiva.

O próprio Corinthians prestou solidariedade ao Botafogo e à família de Ryan, assim como outros clubes. Até os rivais Vasco e Flamengo lamentaram o ocorrido. O ex-jogador Ronaldo também manifestou seus “sinceros sentimentos aos familiares”.

Mural do Oeste / Notícias ao Minuto / Com informações do Estadão Conteúdo.

  • Compartilhe:

Publicidade