ENTERRADA VIVA: DELEGADO DEVE INVESTIGAR O CASO EM RIACHÃO DAS NEVES

10 de fev de 2018

O delegado Arnaldo Monte deve pedir autorização a Justiça para investigar o caso de uma mulher que, supostamente, foi enterrada viva no cemitério Nossa Senhora de Santana em Riachão das Neves. O fato espantoso foi descoberto   nesta sexta-feira, 9, de fevereiro, por volta das  18 horas, quando populares relataram que teriam ouvido gritos e gemidos vindos de um jazigo. Estranhando o fato eles abriram a sepultura e perceberam que a mulher havia se revirado dentro do caixão e que, inclusive, a tampa estava solta. As mãos da mulher estavam marcadas pela força que ela fez na tentativa de sair de dentro do caixão. A notícia se espalhou rapidamente e uma multidão foi ao cemitério se inteirar do assunto. De acordo com informações de amigos, o atestado de óbito teria sido emitido pelo Hospital do Oeste e agora a família quer apurar as responsabilidades. O delegado Arnaldo Monte, que responde pela delegacia de Riachão das Neves deve manter contato com a Justiça para proceder a investigação e buscar os esclarecimentos. O assunto continua gerando muitas discussões nas redes sociais e uma verdadeira comoção na cidade de Riachão das Neves.

VEREADOR PEDE INVESTIGAÇÃO

A Câmara Municipal já se manifestou sobre o caso através do vereador Moab. Ele entrou em contato com o Mural do Oeste e garantiu que vai exigir uma rigorosa apuração dos fatos para que os responsáveis sejam punidos. “É uma pessoa que poderia ter sobrevivido e, em respeito a família, aos parentes e amigos, devemos sim exigir uma investigação e uma explicação para um caso absurdo como esse” disse o edil.

  • Compartilhe:

Publicidade