BARREIRAS: OUTRO VEREADOR É ATACADO PELO EXU E FICA SEM 1ª. SECRETARIA

28 de nov de 2018

Os órgãos de segurança pública vão ter que tomar sérias providências contra os ataques do Exu Tomador de Candidatura e o Exu Tomador de Mandato. Os bichos tão agindo livremente a qualquer hora do dia ou da noite e deixando vereadores descangotados. Outro episódio foi registrado esta semana. Depois de atacar o vereador Otoniel Teixeira – que ficou sem a candidatura a presidente da Câmara – o Exu Tomador de Candidatura, pulou no cangote do vereador Eugênio e tomou a candidatura a primeira secretaria da Mesa Diretora da Casa. O caso aconteceu da seguinte forma: com a candidatura para a primeira secretaria debaixo do braço, Eugênio foi, junto com Jeová, para a chácara da vice-prefeita Karlúcia Macêdo e lá ficaram batendo papo e planejando a festa da posse. Quando, não se sabe como, aparece o senador Renan Calheiros e todo cheio de sorrisos, parabeniza Eugênio pela candidatura a primeiro secretário da Câmara. “Você meu jovem engrandece o PMDB, você é a luz deste nosso partido, em você estão depositadas todas as nossas esperanças de renovação do PMDB.” Eugênio ficou muito satisfeito com a honra de receber o senador e com os elogios recebidos de tão nobre figura e foi lá dentro da casa com Jeová pegar um cafe com leite, um doce de buriti, umas petas, uma brividade e uma rapadura para oferecer ao senador.

Quando retornaram o senador havia se transformado em uma guariba de oito metros de altura. A guariba deu uma rasteira em Eugênio e tomou a candidatura. Eugênio percebeu que era mais um ataque do Exu Tomador de Candidatura e ainda tentou contestar. “Você não pode fazer isso comigo. Eu tenho apoio da vice-prefeita”. Desaforado o Exu respondeu. “Diga ela que fique quieta ou então eu tomo candidatura e o mandato dela. Comigo é assim”. Eugênio gritou “Me acode Jeová, num deixa o Exu me tomar a candidatura não”. Jeová não quis nem saber, meteu o pé na carreira, derrubou arame farpado, subiu serra e desceu serra e foi se esconder na Catolândia. “Já pensou se o Exu me atacar e tomar meu cargo. Ai eu tô no sal” disse Jeová ainda tremendo de medo. “O trem foi feio, o Exu quando vem é para tomar a candidatura do sujeito de qualquer maneira. Tô tremendo dos pés a cabeça. Vou ter de tomar 50 injeções de diazepan”

Ao saber do ataque sofrido por Eugênio, o vereador Hipólito, com medo do Exu lhe tomar a segunda secretaria, se escondeu na serra da Mariquita em lugar de difícil acesso e o vereador João Felipe pediu para reforçar sua segurança. Já o vereador Carlão foi cauteloso e disse o seguinte: “É por isso que eu não sou candidato, pra num dar ousadia e nem lugar para o tal do Exu vir me atacar. Já pensou, nesta altura da vida, um bicho desse querer me descangotar? Comigo não violão!”. E depois completou; “Quero dizer que não concordo com estes ataques do Exu. Isso é uma violência contra o Poder Legislativo. A polícia tem que prender o danado”

  • Compartilhe:

Publicidade