A VERSÃO QUE CHEGOU AO MURAL SOBRE A REUNIÃO DO PREFEITO COM OS VEREADORES PARA REVOGAÇÃO DO CÓDIGO TRIBUTÁRIO

17 de fev de 2018

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.

Roberto de Sena

Mural do Oeste

 

Neste sábado, 17, estou acompanhando pelas redes sociais o intenso debate sobre a reunião ocorrida nesta sexta-feira, 16, entre os vereadores e o prefeito de Barreiras, Zito Barbosa, para debater a revogação do Código Tributário. Muita gente dizendo que ouviu dizer que o prefeito foi irredutível e que rechaçou qualquer possibilidade de diálogo para revogar o Código.

Alto lá!

Isso não parece ser verdade.

Arriscaria dizer até que esta não é a verdade a menos que alguém me corrija com fatos e, se possível, fotos.

O Mural conversou com três vereadores que participaram da reunião e eles garantiram que o prefeito se mostrou aberto ao diálogo, sensível as demandas apresentadas e apenas solicitou que os edis aguardassem dois pareceres que serão dados pela CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas – e pela OAB – Ordem dos Advogados do Brasil (Barreiras). e que, assim que estiver de posse destes dois documentos chamará os vereadores para uma nova reunião provavelmente nesta segunda-feira, 19,  quando uma decisão definitiva sobre o Código poderá ser tomada.

Não estou aqui defendendo o prefeito. Não se trata disso. Apenas busco retratar o que me foi dito por três vereadores que assinaram o documento, estão empenhados visceralmente na revogação do Código, estiveram presentes na reunião e são protagonistas neste episódio. Acredito que se tivesse sido diferente, se o prefeito não tivesse disposto a dialogar, os vereadores teriam relatado isso ainda que fosse em “of”. Que interesse os parlamentares teriam em esconder tal fato se eles já se expuseram no limite do possível, já deram a cara a tapa, já admitiram o erro?

Não vejo qualquer sentido nisso.

Além do mais é preciso pensar no seguinte: se o prefeito estivesse irredutível, se não quisesse conversa, vocês acham mesmo que  ele iria chamar os vereadores para dialogar?

Uma pinoia!

Ficaria calado, manteria distância e deixaria cada um fazer o que bem entendesse. Quando chamou para a conversa mostrou que entende as circunstâncias e a gravidade do problema e que queria ouvir as razões dos edis.

É este o meu raciocínio.  Se alguém tiver outra versão da reunião que me prove e darei a mão a palmatória

Repito: se assim não fosse o prefeito não teria tomado a iniciativa de convidar os vereadores para uma reunião.

Reafirmo: a versão que estou divulgando é a única que tenho e me foi passada por três vereadores que participaram da reunião.

Se algum dos edis  tiver outra versão diferente dessa,  é só me ligar que publicarei.

 

Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.
  • Compartilhe:

Publicidade